10 filmes com um tema delicado; a perda de um filho.

Por Teresa Vera de Sousa Gouvea

A morte de um filho é um tema delicado, tão sofrido que poucos se atrevem a sequer pensar nessa possibilidade, subverte uma ordem que supomos natural e pede recursos para ampliarmos esse olhar e compreendermos um pouco mais essa vivência.

Listo 10 filmes que nos dão um recorte dessa dor:

1-REINE SOBRE MIM: Adam Sandler, Don Cheadle, JadaPinkett Smith e Liv Tyler estrelam essa história sobre Charlie Fineman (Sandler) que entrou em depressão logo após a morte de sua esposa e filhos. A vida de Charlie melhora muito depois de reencontrar um antigo amigo de faculdade, Alan Johnson (Cheadle), cuja vida está dividida entre o trabalho e a família. O reencontro dos amigos fortaleceu o antigo e esquecido vínculo de amizade e os dois passaram a viver melhor emocionalmente.

2- O QUARTO DO FILHO: Giovanni (Nanni Moretti) é um psicanalista que reside e trabalha na cidade de Ancona, na Itália. Ele é casado com Paola (Laura Morante) e tem dois filhos: a menina Irene (Jasmine Trinca) e o jovem Andrea (Giuseppe Sanfelice). Sua vida transcorre tranqüila, dividida entre a família e o consultório, até que uma tragédia a transtorna completamente. Para atender ao chamado urgente de um paciente, Giovanni deixa de acompanhar o filho à praia e nesse passeio o rapaz morre afogado. A família, é claro, ressente-se profundamente com a morte e Giovanni sofre uma forte sensação de remorso, apesar do apoio da esposa.

3- A LIBERDADE É AZUL: Julie é uma famosa modelo que decide renunciar à vida após a morte do marido e da filha em um acidente de carro. Porém, depois de uma tentativa frustrada de suicídio, Julie encontra uma obra inacabada do marido, um grande músico, e se interessa por ela.

4- REENCONTRANDO A FELICIDADE: Becca e HowieCorbett precisam retornar à sua existência cotidiana, após uma perda chocante e súbita. Oito meses antes, eles eram uma família suburbana feliz com tudo que eles queriam. Agora, eles estão presos em um labirinto de memórias, desejo, culpa, recriminação, sarcasmo e raiva, controlados de forma rígida e que eles não conseguem escapar. Os dois seguem caminhos opostos neste labirinto. Enquanto Becca encontra dor nas lembranças familiares, Howie encontra conforto. Becca hesita em se abrir para sua mãe, mas, secretamente, estende a mão para o adolescente envolvido no acidente que provocou todas as mudanças na sua vida. Entretanto, Howie acredita encontrar consolo com outra mulher. Mas o casal continua tentando reencontrar o seu caminho de volta para uma vida que ainda tem potencial para o riso, a beleza e a felicidade.

5- TARA ROAD – APRENDENDO A VIVER: Dois países. Duas vidas. Duas mulheres. Em pontos distantes do mundo, duas famílias o vêem desabar, cada uma a sua forma. Nos EstadosUnidos, Marilyn (Andie MacDowell) perde o filho de forma trágica em um acidente com um carro de kart, seu presente de aniversário. Do outro lado do Atlântico, a irlandesa Ria (Olivia Williams) é deixada pelo marido depois de um longo casamento. Após um momento de tristeza e reflexão, as duas propõem uma troca de casas, uma mudança de ares para alterar o curso de suas vidas.

6- AS COISAS IMPOSSÍVEIS DO AMOR:Natalie interpreta uma advogada que conseguiu conquistar seu chefe, que era casado quando começaram a namorar, mas precisa lidar com as consequências disso, incluindo seu novo enteado e uma tragédia inesperada. Tem de lidar com o filho dele, com a perda do filho deles e com todos os problemas que isso traz para a relação dos dois.

7- HEROIS IMAGINÁRIOS:Uma típica família norte-americana vive uma rotina perfeita, porém sob a aparência de normalidade esconde-se uma família em crise. O filho mais novo experimenta as angústias da adolescência; o pai vive atormentado pelos erros do passado; e a mãe administra seu rancor com o consumo de drogas.

8- ENTRE QUATRO PAREDES: É verão no porto de pesca da cidade de Camden, no Maine, onde vive Matt Fowler (Tom Wilkinson), um médico nascido no estado e casado com Ruth Fowler (SissySpacek), uma professora de canto. Frank (Nick Stahl), o único filho do casal que passa as férias de verão em casa, trabalhando para juntar dinheiro para a faculdade. Ele se envolve com Natalie Strout (Marisa Tomei), uma mulher mais velha e com dois filhos, o que deixa seus pais bastante contrariados e apreensivos. As coisas pioram para Frank e Natalie, quando ela recebe a indesejada visita do ex-marido e acontece um terrível incidente. À medida em que o verão vai chegando ao fim, todos se vêem em meio a uma tragédia que jamais poderiam prever.

9- UMA PROVA DE AMOR: A pequena Anna foi concebida, através de uma combinação genética, para tentar salvar a vida de sua irmã mais velha, que sofria de câncer. Ao longo dos anos Anna, sem questionar, é submetida a inúmeras consultas, cirurgias e transfusões; mas na adolescência ela se revolta e procura a justiça para ser ouvida.

10- A CURA: Erik (Brad Renfro) é um garoto solitário que atravessa todas as barreiras que o preconceito ergueu e se torna amigo do seu vizinho, Dexter (Joseph Mazzello), um garoto de 11 anos que tem AIDS. Erik se torna muito ligado a Linda (Annabella Sciorra), a mãe de Dexter, e na verdade fica mais próximo dela que da sua própria mãe, Gail (Diana Scarwid), que é negligente com ele e quase nunca lhe dá atenção. Quando os dois garotos lêem que um médico de Nova Orleans descobriu a cura da AIDS, os meninos tentam chegar a este médico para conseguir a cura.

Teresa Vera de Sousa Gouvea- Psicóloga

http://www.lacoselutos.com.br

https://www.facebook.com/lacoselutos

Compartilhar
Teresa Gouvea
Psicóloga Clinica Especialista em Família pela PUC SP, especialista em Luto pelo 4 Estações Instituto de Psicologia SP.



COMENTÁRIOS