10 tipos de psicólogos

Por Raquel Etérea

 

Quando precisamos procurar um psicólogo, acreditamos que são todos iguais e que qualquer um deles pode nos ajudar a resolver o nosso problema. Mas, a verdade é que há grandes diferenças entre os psicólogos: o tipo de terapia que cada um deles vai nos propor depende da sua área de especialização.

Como em qualquer outra profissão, como advogados ou médicos, devemos escolher o psicólogo que se encaixe com o que precisamos. Por quê? Porque se não escolhermos corretamente, talvez a terapia não tenha o resultado esperado.

Para conhecer um pouco mais sobre o mundo da psicologia e suas áreas de especialização, hoje falaremos sobre 10 tipos de psicólogos. Cada um deles se especializou em uma área diferente, e se algum dia precisar consultar algum deles, não hesite! Escolha o que mais fizer sentido para a sua situação.

“Conheça todas as teorias; domine todas as técnicas, mas ao tocar uma alma humana, seja apenas outra alma humana”.
-Carl G. Jung-
1- Psicólogos clínicos
Os psicólogos clínicos são especializados em distúrbios mentais e emocionais, cujas crises podem ser de curto prazo ou durar muito tempo. Eles estão preparados para lidar com qualquer problema que se apresente, mas também precisam se especializar.

É por isso que encontramos psicólogos clínicos especializados em transtornos de depressão, compulsão alimentar, transtornos de personalidade, abuso de drogas, questões relacionadas a crianças e adolescentes, etc.

2- Psicoterapeutas
Os psicoterapeutas são responsáveis pela prestação de apoio psicológico e ensinar uma variedade de técnicas para melhorar a qualidade de vida dos pacientes. Obviamente, os problemas que os psicoterapeutas tratam não são tão graves como os que tratam os psicólogos clínicos.

Qual é o foco do psicoterapeuta? Os problemas cotidianos, os conflitos nos relacionamentos interpessoais ou problemas emocionais que dificultam os relacionamentos. Além disso, tratam e gerenciam as situações de estresse e ansiedade que podem afetar os seus relacionamentos e a vida cotidiana.

3- Psicólogos educacionais
A psicologia educacional se concentra nos processos de aprendizagem das pessoas. Esses psicólogos muitas vezes trabalham em escolas como conselheiros ou ajudando qualquer criança que apresente algum distúrbio de aprendizagem.

Infelizmente, a sua presença nas escolas públicas é menos frequente do que o desejável. Muitas vezes, eles têm pouco tempo para atender muitas crianças que precisam de ajuda. Mas, mesmo assim, a sua ajuda é fundamental. Em muitos casos, a sua intervenção é importante, porque a missão da psicologia educacional não é somente fazer com que a criança aprenda, mas ajudá-la a adquirir os recursos necessários e úteis para compensar qualquer limitação.

4- Neuropsicólogos
Normalmente são pesquisadores, embora muitas vezes desenvolvam suas atividades profissionais no campo da reabilitação cognitiva, comportamental e emocional de pacientes com danos cerebrais. Eles também são especialistas no diagnóstico precoce e tratamento das demências.

Portanto, sua área de especialização é clínica e trabalha no espaço entre a neurologia e a psicologia. Seu foco é o estudo de possíveis alterações que acometem o sistema nervoso central e como isso afeta a vida do paciente.

Essas alterações podem ser causadas por diferentes agentes, desde um traumatismo, acidente vascular cerebral ou tumor. Seus maiores aliados são as técnicas de neuroimagem e o seu trabalho baseia-se na relação entre o nosso cérebro físico e a mente.

5- Psicólogos sociais
Os psicólogos sociais se especializam em tudo o que se relaciona com o comportamento humano e os fatores psicológicos que podem afetar o seu ambiente social. Seu campo de conhecimento engloba desde os relacionamentos interpessoais até outros temas como a cultura, os preconceitos ou atitudes que temos para com os outros.

Eles são especializados em criar grupos e programas que ajudam os mais desfavorecidos ou as minorias. Graças aos psicólogos sociais, muitas pessoas conseguem se reintegrar na sociedade.

6- Psicólogos do trabalho
Existem psicólogos especializados no campo do trabalho. Encontramos esses profissionais nos departamentos de recrutamento das empresas, na formação, saúde e desenvolvimento profissional dos funcionários. Às vezes, também trabalham nos Departamentos de Recursos Humanos.

Eles são particularmente importantes, uma vez que têm um grande conhecimento sobre motivação e liderança. Eles podem ajudar a melhorar o desempenho e a satisfação dos trabalhadores.

7- Psicólogos criminais
Os psicólogos criminais são especializados em questões criminais, por isso a sua experiência é muito importante nos tribunais. De alguma forma, podem orientar o juiz a dar uma sentença justa, contra ou a favor do réu.

O seu trabalho é descobrir o que levou o indivíduo a cometer determinado crime ou os crimes pelos quais é acusado. O estudo da sua personalidade permitirá projetar um tratamento adequado para o acusado.

8- Psicólogos esportivos
Os psicólogos esportivos são responsáveis por trabalhar com os atletas, com o treinador e a organização de toda a equipe. Tudo isso para melhorar o rendimento da equipe, aumentar a sua motivação, aumentar a eficiência e gerenciar o estresse.

Ele lhe ajudará a ter mais confiança em si mesmo para aumentar o seu rendimento até o limite. Além disso, favorece o aumento da autoestima de todo o grupo e mostra que os limites só existem dentro da nossa própria mente.

9- Sexólogos
Os sexólogos também são psicólogos, especialistas em diagnosticar e tratar tudo relacionado aos relacionamentos íntimos. A sua ajuda melhora a saúde sexual das pessoas com problemas nessa área, sejam casais ou pessoas solteiras.

Nas suas consultas, podemos classificar os problemas atendidos por esses profissionais em três setores distintos: problemas relacionados com o desejo, com a excitação e orgasmo.

Se for um casal e descartarem a possibilidade de uma causa orgânica, os problemas sexuais podem estar relacionados a outros aspectos da interação do casal. Neste caso, a melhor opção é um terapeuta de casal.

10- Coaching
Os coaches podem ser psicólogos e são responsáveis por fazer com que cada pessoa encontre os seus objetivos, ajudando-a a alcançá-los. Eles se adaptam a cada indivíduo e funcionam como um “conselheiro” para que encontre o seu caminho.

“Eu encontrei o sentido da minha vida ao ajudar os outros a encontrarem um significado para a sua vida”.
-Viktor E. Frankl-
Existem outros campos de especialização? Claro que sim, existe também a psicologia canina, a psicologia aplicada aos jogos, ao marketing, à nutrição… Definitivamente, existe um psicólogo para cada uma das nossas necessidades mentais.

TEXTO ORIGINAL DE A MENTE É MARAVILHOSA

Compartilhar
Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.



COMENTÁRIOS