Por Beatriz Caetano

O beijo é considerado um dos maiores gestos de carinho e amor entre um casal, sendo peça fundamental na construção de uma relação. Esse simples ato é capaz de exercitar dezenas de músculos, ajudando a queimar 26 calorias, em média, em um beijo de língua de um minuto.

De acordo com um estudo realizado por cientistas do Departamento de Psicologia da Universidade de Oxford, no Reino Unido, o ato de beijar funciona como um “teste” para a escolha dos futuros parceiros (as). Participaram da pesquisa online cerca de 900 pessoas, onde 600 delas eram do sexo feminino.

Os resultados mostraram que as mulheres davam mais importância ao beijo do que os homens. Isso porque, assim como no mundo animal, as fêmeas precisam ser seletivas com seus parceiros, já que desse relacionamento poderá ser gerado o filho que perpetuará a espécie.

Alguns pesquisadores acreditam que exista pelo menos três teorias principais sobre o papel do beijo na relação: analisar a qualidade genética de potenciais companheiros, aumentar a excitação e ajudar a manter as relações.

“Existem países onde o toque e o beijo são restritos à intimidade sexual. Em nossa cultura isso não acontece. Aceitamos o beijo como cumprimento e o ‘selinho’ como demonstração maior de afeto entre amigos, por exemplo. O beijo apaixonado desperta sensações de desejo e garante o sucesso do relacionamento”, comentou a psicóloga Rita Costa.

1. Um simples beijo de bom dia pode fazer a diferença

Com atitudes simples é possível deixar seu relacionamento mais leve e sólido. De acordo com a psicóloga Rita Costa, o beijo de bom dia pode ser uma forma de demonstrar confiança entre o casal.

“Se o indivíduo inicia o seu dia com segurança de que a pessoa que está ao seu lado sente-se atraída por ele, após decorrido tempo de relacionamento, obviamente esta será uma questão a menos para se preocupar durante o seu dia. Assim, diminuídas as fontes de estresse, temos uma qualidade de vida melhor. Sem contar a química envolvida no simples ato de beijar, pois são várias as respostas fisiológicas pertinentes à produção de neurotransmissores que trazem bem-estar e plenitude”, disse a psicóloga.

2. Beijo é uma forma de expressar o amor

Para muitas pessoas, o beijo pode servir como um “eu te amo” diário. Em dias que nada parece dar certo, receber um beijo de alguém que ama pode mudar completamente seus sentimentos, aquela sensação de fracasso é substituída por uma alegria inimaginável. “O beijo também demonstra a saúde do relacionamento, uma vez que fortalece a união dos parceiros. É sim uma expressão dos sentimentos, uma forma de doação ao outro, e de aceitação mesmo tempo”

3. Contribui para saúde e bem-estar

Ao ser realizado com amor e cumplicidade, o ato de beijar pode desencadear reações no corpo todo, produzindo bem-estar, confiança e unindo ainda mais o casal.

“Quando o casal tem constantes demonstrações de afeto, quer seja por carinho, toque, beijo ou intimidade, existe a certeza de que esta área de sua vida está bem, não representando necessidade de atuação e resolução. A saúde emocional reflete na saúde física, pois o homem é um todo de corpo, mente e emoção”.

Além disso, o beijo é uma excelente forma de acabar com aquele estresse constante do dia a dia. “Vários neurotransmissores são produzidos durante o beijo, que muitas vezes precede uma demonstração mais intensa de afeto e desejo. Neurotransmissores como endorfina e dopamina, que aumentam a sensação de bem-estar, prazer e saciedade, que livram o físico dos efeitos do estresse”, afirmou a psicóloga.

4. Ajuda a “esquentar o clima”

O beijo é algo essencial nas preliminares, ajudando no aumento do desejo e da atração pelo parceiro (a). Durante o ato, são liberados hormônios, como a serotonina, dopamina e oxitocina, que proporcionam bem-estar ao corpo.

“Os lábios, assim como a ponta dos dedos, são locais de grande quantidade de terminações nervosas. Pequenos estímulos são suficientes para comunicar temperatura, tônus muscular e outras sensações. Sabe-se que o homem ‘transfere’ testosterona à mulher, através da saliva, o que faz aumentar o desejo sexual dela. Através do beijo, produz-se ocitocina, conhecido como o hormônio do amor, onde são despertados sentimentos de afeto pela outra pessoa”.

5. Auxilia na reaproximação de um casal

Se o seu relacionamento ainda meio estremecido, pode ser que você ou seu parceiro estejam deixando de demonstrar aquilo que sentem. É essencial que vocês voltem a se comunicar através de gestos simples, como conversas e beijos. Um beijo sincero é uma grandiosa demonstração de amor.

“O beijo é um termômetro para a saúde afetiva do casal. Através do beijo comunica-se sem palavras, estabelece-se ligação única, e manifesta-se o desejo. Estas sensações despertam segurança no relacionamento e trazem, por consequência, melhor qualidade de vida, porque a vida afetiva é um dos pilares da felicidade do ser humano”.

Imagem de capa: Shutterstock/KieferPix

TEXTO ORIGINAL DE MINHA VIDA

*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS


Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.

COMENTÁRIOS