A ansiedade é um estado emocional que se manifesta em pessoas com sensações de inquietude, angústia e medo. Aquelas pessoas afetadas pela ansiedade se desesperam diante de situações das que consideram que não têm o controle e que lhes causam uma sensação de perigo.

Controlar a ansiedade não é uma tarefa nada fácil para quem sofre dela constantemente. Ainda que pareça algo bobo ou inofensivo quando estamos enxergando de fora, a realidade é que é difícil de controlar.

Considera-se que deixa de ser normal quando é descontrolada e contínua por mais de seis meses. Neste caso já deve ser tratada como um transtorno e deve-se buscar ajuda de um especialista.

Controlar a ansiedade é necessário para poder desfrutar realmente da sua vida. Deixamos aqui alguns exercícios para controlá-la apropriadamente.

Sintomas da ansiedade

Identificar a ansiedade é bem simples. A maioria de nós o faz de forma automática. Porém, aqui revelamos os sintomas mais importantes caso você tenha alguma dúvida:

  • Dor e palpitações no peito;
  • Enjoo e vertigens;
  • Náuseas e mal-estar estomacal;
  • Transpiração excessiva, sufocamentos ou calafrios;
  • Sensação de asfixia e tremores;
  • Formigamento ou adormecimento;
  • Sensação de perda de controle e de estar ficando louco;
  • Medo (em geral e principalmente da morte).

Ainda que a ansiedade seja um estado emocional difícil de controlar, pode ser tratada inclusive quando não acorre com tanta regularidade e não foi diagnosticada como transtorno.

1. Respiração para controlar a ansiedade

Tire um momento do dia em que você não tenha nenhuma atividade ou responsabilidade.

Durante este lapso de tempo, assegure-se de que ninguém o incomode e se comprometa a não ter pressa para terminar. É importante que você tire o tempo necessário para relaxar.

  • Fique o mais confortável possível, seja deitado ou sentado.
  • Quando encontrar a posição mais confortável, feche os olhos e concentre toda a sua atenção na respiração.
  • Fixe-se em como o ar entra e sai, devagar.
  • Com o passar dos minutos, respire de maneira mais lenta e leve o ar até a parte baixa dos pulmões. Lentamente, inspire pelo nariz, mantenha o ar por alguns segundos e deixe que saia pouco a pouco.

Continue repetindo o exercício por vários minutos.

Este exercício ajudará a manter o controle de forma constante, mas também permitirá controlar a ansiedade que surge de repente.

2. Caminhar

Caminhar é a forma mais simples de controlar a ansiedade. Não requer idas à academia nem comprar roupas especiais. Trata-se de um exercício tão completo que se o fizer pela manhã, seus efeitos durarão durante o dia inteiro.

  • Procure incluir uma caminhada em seu dia e dar um pequeno passeio justo quando a ansiedade estiver aparecendo.

3. Correr

Outro dos exercícios para controlar a ansiedade no rol dos mais fáceis de praticar é a corrida. Este esporte ajuda a perder peso e queimar calorias ao mesmo tempo em que fomenta a liberação de serotonina.

Isso é bom porque a serotonina ajuda a melhorar o humor e a saúde mental. Se você adicionar este esporte a sua vida, descobrirá que também melhora a qualidade do sono e aumenta as horas de descanso.

4. Dançar

Dançar ajuda seu corpo a liberar endorfinas. É algo genial, porque elas ajudam a controlar a ansiedade e o estresse ao mesmo tempo em que melhora sua saúde cardiovascular.

  • A única coisa que você precisa é pôr uma música e começar a se movimentar um pouco. Verá que conforme avançam os segundos, você começa a se sentir mais confortável e pega o ritmo.
  • Ainda que a dança não seja algo que se pratique muito, não a descarte. Parte de aprender a lidar com a ansiedade inclui se atrever a fazer coisas novas, assim, não duvide!

5. Aprenda a se esquecer das preocupações

Ainda que este não seja um exercício propriamente dito, é uma chave para controlar a ansiedade. É importante que você aprenda a lidar com as situações para que elas não tomem o controle da sua vida.

Considere que a maioria dos problemas que nos estressam costumam ser menos graves do que realmente acreditamos e podem tomar o controle quando nem são reais.

  • Sua mente é muito poderosa e pode concentrar muita energia em situações impossíveis, só porque está dando importância.

Aceite que não vale de nada entrar na ansiedade por uma preocupação irreal.

  • Se você não pode afastar ou desviar o pensamento da ansiedade, então tente se distrair de uma forma maior: faça alguma atividade ou converse com alguém.

Passos básicos ao experimentar um ataque de ansiedade

Ao sofrer um ataque de ansiedade é muito provável que você não saiba o que fazer ou como reagir. Neste caso, lembre-se:

  • Identifique o motivo pelo qual você está tendo esse ataque de ansiedade.
  • Encontre a forma de sair da situação, seja respirando ou realizando alguma atividade física.

Ainda que possa parecer muito difícil, pouco a pouco você vai retomando o controle e aprenderá a fazer isso cada vez mais rápido.

Imagem de capa: Shutterstock/Stock-Asso

TEXTO ORIGINAL DE MELHOR COM SAÚDE

*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS


Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.

COMENTÁRIOS