5 lições que você aprende com o seu cachorro.

Observando o comportamento dos cachorros e a relação deles com o ser humano, podemos ver várias atitudes que, se incorporadas no dia a dia, podem mudar como enxergamos a vida.

1. O contato físico é bom pra saúde

Você dá carinhos a seu cachorro de uma forma espontânea, é uma vontade natural de aproximação. De fato, muitas pesquisas científicas indicam que os abraços e beijos são muito benéficos pra saúde. Instantaneamente sobem os níveis de serotonina e ocitocina. O contato físico com outro humano ou animal de estimação é extremamente benéfico para aliviar doenças e estresse.

O ato de tocar outro ser humano é quase um tabu na nossa sociedade moderna que prega pelo individualismo. Esse toque gentil em outro ser vivo, te faz esquecer imediatamente do que você estava pensando e melhora seu humor, criando um bem estar instantâneo.

Se envolva em atividades de contato humano, como dança, acroyoga, ou faça massagens frequentemente.

2. Só existe Aqui e Agora

Como é que os cachorros entendem o tempo? Simplesmente não entendem o tempo, se encontram permanentemente no agora. Um cachorro observa o que está acontecendo a cada momento. Não precisa ter uma opinião de cada coisa que acontece na vida.

3. Ter uma vida simples

Se você pode desfrutar das pequenas coisas na vida, terá uma vida mais feliz. O lance não é quantas e quais coisas possuímos ou a quem conhecemos. Se um cachorro dorme bem, come bem e passeia, é feliz. Quando o ser humano come saudavelmente e simplesmente passeia sem rumo, geralmente se queixa e não percebe que esses detalhes lhe aproximam mais da essência da felicidade.

4. Ninguém é perfeito

Todo cachorro tem as suas imperfeições, ou comem muito ou não respeitam o lugar para fazer suas necessidades ou fazem arte ou se exaltam demais. Sendo o cachorro o mentor espiritual destas lições, então talvez possa concluir que ninguém é perfeito, nem os mentores espirituais. heeee !

5. Brinque a qualquer idade

Os cachorros passam várias horas do dia brincando sem olhar para o tempo. E quando não estão brincando, simplesmente relaxam. O ser humano analisa a vida muito seriamente, nos envolvemos nos mesmos problemas uma e outra vez. Se pudermos, olhar mais frequentemente para os problemas de fora da caixinha e percebermos que realmente não são tão graves, provavelmente sorriríamos mais.

Talvez uma das lições mais importantes é essa, brincar mais na vida e com a vida.

TEXTO ORIGINAL DE YOGUI.CO

Compartilhar
Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.



COMENTÁRIOS