A Influência da Tecnologia na Sociedade Humana

A utilização de novas tecnologias promove uma modificação no universo humano. A fotografia, a televisão e o cinema começaram então a forçar-nos a alterar inclusive os verbos, o vocabulário, que tradicionalmente utilizamos para se comunicar. As imagens técnicas produzidas pelos meios audiovisuais estão a conectar-se, gerando novos sentidos entre os seres humanos, outras relações entre diferentes pessoas que constituem a sociedade em rede contemporânea a partir da convergência proporcionada pelo avanço tecnológico.

Com a digitalização, os nossos monitores domésticos de alta definição podem mostrar tanto as cenas e imagens vindas de outro lado do mundo, quanto do quarto vizinho, dos provedores de conteúdo on demand, áudio de rádio digital de alcance mundial, hiperinformação online (jornais, revistas, TV aberta ou TV por assinatura), lojas virtuais e todas as formas de comércio virtual.

O desenvolvimento da tecnologia digital emerge os seres humanos num universo online. O livre acesso aos veículos comunicacionais determina a proximidade entre as diferentes comunidades, o conhecimento de novas realidades e construção de novas relações. Resta-nos saber se a convergência dos meios digitais, a formação de redes visualizada atualmente tenderá mais para a promoção da integração social ou para a superficialidade das relações humanas promovendo o isolamento dos indivíduos no mundo real.

O uso do computador e da Internet influenciou significativamente as relações humanas, sobretudo no que se refere à comunicação. No entanto, nenhuma outra forma de comunicação pode ser considerada mais natural do que aquela que acontece “cara a cara”.

 

Por isso, Knock (2001) comenta que as demais formas de comunicação, incluindo aquelas que são mediadas pelo computador, demandam um esforço cognitivo muito maior do que aquele que seria requerido naturalmente na comunicação “cara a cara”.

 

Por outro lado, o autor ainda afirma que o conhecimento que adquirimos por intermédio de nossas relações com o meio, também influencia a percepção de naturalidade da mídia e faz com que o Homem aprenda diferentes formas de comunicação apesar da estranheza que inicialmente possa sentir. Isso mostra que o Homem é capaz de se adaptar biologicamente às transformações promovidas pelo rápido desenvolvimento das tecnologias. Portanto, as tecnologias influenciam o Homem assim como o Homem também influencia o desenvolvimento das tecnologias.

As redes sociais

Para se entender a influência das redes sociais na sociedade, é estritamente necessário explicar o conceito de uma rede e também explicar sua importância em termos históricos para a comunicação em si.

 

Uma rede social é todo o site que permite adicionar amigos ou seguidores, fotos, informações pessoais e dá acesso a uma gama de possibilidades de contato entre pessoas através de perfis, uma página pessoal com dados, fotos e espaço para que pessoas possam comunicar  entre si.

 

A rede social passa a representar um conjunto de participantes autônomos, unindo ideias e recursos em torno de valores e interesses compartilhados. Antes do surgimento e popularização desta modalidade de interação social, o e-mail era a principal ferramenta online de troca de informações entre conhecidos, nesse modo de conversação — ainda hoje existente, mas eclipsado — haviam dois problemas, apenas quem soubesse o endereço de email poderia se comunicar com a pessoa, pois não havia forma de alguém localizar através desse sistema e o principal, ela não era dinâmica, interativa e era pouco imediata, a sua funcionalidade baseava-se no antigo sistema de correspondência em papel.

O sociólogo americano Robert Weiss escreveu na década de 70, que existem dois tipos de solidão: a emocional e a social. Segundo Weiss, “A solidão emocional é o sentimento de vazio e inquietação causado pela falta de relacionamentos profundos. A solidão social é o sentimento de tédio e marginalidade causado pela falta de amizades ou de um sentimento de pertencer a uma comunidade”. Vários estudos têm reforçado a tese de que os sites de relacionamentos diminuem a solidão social, mas aumentam significativamente a solidão emocional.

 

Outro fator negativo está na segurança, expor dados numa rede aberta ao público em geral acarreta uma série de riscos e aumenta as chances de cair em golpes, e ser vítima de uma série de fraudes virtuais.

Um termo surgido paralelamente com esses sites, demonstra um dos principais  problemas, os denominados “perfis fake”, um perfil desse tipo é administrado por alguém distinto da pessoa cujo perfil afirma ser, pode ser de um famoso ou pessoa comum. Como a internet permite não só o anonimato como também a emulação da identidade, é muito perigoso relacionar-se com pessoas desconhecidas por essas redes.

Portanto é necessário salientar que a despeito das pesquisas acadêmicas, a sociedade está a tornar-se cada vez mais exposta por meio de tais redes sociais e um controle maior do impacto deles para a sociedade deve ser estudado, pois sem esse controle podemos estar caminhando a passos largos para o isolamento e dependência das redes sociais, para a interação com outras pessoas — cujas pesquisas demonstram serem essas relações insatisfatórias para a complexa psique humana.

TEXTO RETIRADO DE SAPO CAMPUS

Compartilhar
Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.



COMENTÁRIOS