Aprenda a expandir a mente e olhar através do outro

Há algumas semanas, tenho assistido a um programa chamado “Undercover Boss”, na tradução, “Chefe Espião”, onde os proprietários de empresas usam disfarces para visitar seu empreendimento, conhecer o funcionamento de trabalho e, principalmente, o comportamento de seus funcionários. Eles passam dias trabalhando como empregados e sentem na pele as necessidades e também a realidade do mercado local. Os resultados são surpreendentes. Em alguns casos, empresários ainda analisam a situação dos funcionários e os auxiliam de acordo com suas necessidades.

O que quero destacar nesta situação não é a questão empresarial, mas o quão importante é aprendermos a olhar o outro lado, aprendermos a nos colocar no momento da outra pessoa. Passamos muito tempo julgando e até prejudicando os demais por não querer compreender a decisão alheia. Claro, isso também acontece no trabalho quando o funcionário, que convive com o cliente e sabe da real situação, tenta mostrar ao chefe uma possível solução para os problemas, e o mesmo não está aberto a receber a sugestão porque é do tipo do “quem manda aqui sou eu”.

Cuidado com o orgulho demasiado. Cuidado com a falta de humildade perante a equipe, pois como dizia Martin Luther King “um excelente líder não é o que controla seus liderados, mas o que estimula a fazer escolhas. Não é o que faz temer, mas o faz crer. Não é o que produz pesadelos, mas o que faz sonhar”.

Recentemente tive o prazer de fazer cursos com profissionais extremamente importantes no mundo da moda, conhecidos e premiados mundialmente. Mentes geniais e inspiradoras, e o que mais me chamou atenção foi o respeito, a humildade e a atenção com que nos transmitiram o conteúdo.

Aprender precisa estar dentro de nós como uma grande verdade todos os dias, não importa a idade. Nunca é tarde para avaliarmos nosso comportamento e nossas escolhas. Nada é para sempre, e tudo precisa ser vivido com intensidade não importa quanto dure.

Por isso abra sua mente!

Compartilhar
Karina Beatrice Frainer
Karina Beatrice Frainer tem 32 anos e mora em Santa Catarina. Formada em Design de Moda pela Uniasselvi em 2007 e em Jornalismo pelo Ibes Sociesc em 2012. Pós – Graduada em Novas Mídias Rádio e TV pela FURB em 2012. Em 2015 iniciou o curso de extensão em Psicologia e Psicoterapia Existencialista na FURB em Blumenau. Possui experiência em rádio, TV, jornal impresso e mídias digitais.



COMENTÁRIOS