Há alguns dias eu vi esse filme em inglês e pensei: “Tomara que um desses sites que fazem tradução não perca esse.” Pensei isso porque ele, através de uma mensagem de um menino que é definido como “filho do divórcio”, demonstra as consequências de relacionamentos impulsivos, casamentos ou uniões não planejadas e da baixa tolerância às adversidades das relações relações atuais. O resultado disso é uma nova maneira de relacionar que tem vantagens, mas que também criou centenas de milhares (talvez milhões) de crianças que estão crescendo em lares desfeitos…ou talvez nunca feitos.

É importante que fique claro que ninguém é obrigado a se casar ou mesmo a manter um relacionamento infeliz, porém as consciências das separações precisam ser muito bem pensadas, uma vez que o processo emocional envolvido nisso nunca é simples.

Esse vídeo, traduzido pelo site Eu te amo hoje, traz as palavras sinceras de um filho para seus pais que, além do fim do relacionamento, perderam o respeito entre si e agora lutam por sua guarda.

FONTE INDICADA: EU TE AMO HOJE

TEXTO ORIGINAL DE CONTIOUTRA

*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS


Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.

COMENTÁRIOS