As energias negativas são aquelas vibrações que abalam o nosso equilíbrio emocional e a paz interior. Elas estão em todos os lugares: nas ruas, no trabalho, nas famílias e nas escolas, onde se dissemina o seu poder tóxico de maneira individual ou coletiva.

Essas energias interferem nos aspectos emocionais, espirituais, físicos e mentais, bloqueando a nossa tranquilidade e produzindo sensações de irritação, tensão, angústia, ansiedade e desequilíbrio, pairando uma névoa de desassossego.

Nós, seres humanos, possuímos uma poderosa sensibilidade de absorver movimentos negativos externos ou internos, que convertem as más energias em sentimentos de desânimo, amargura, hostilidade, impotência e assim por diante.

É necessário entender como atuam as energias negativas, sobretudo, para impedir que elas pautem a nossa vida. Por isso, temos que observar com atenção à energia das pessoas ao nosso redor, identificando as peculiaridades de criaturas tóxicas, que são em geral: mal-humoradas, mal-intencionadas, mal-educadas e mal-amadas.

O melhor modo minimizar as energias negativas em nossa vida é exercitar o controle total dos nossos pensamentos e ações, ou seja, da nossa capacidade de enfrentar obstáculos e ter domínio dos nossos sentimentos e reações, perante os ambientes ou pessoas negativas. Existem maneiras de nos proteger, vamos citar cinco estratégias importantes:

  1. A mentalidade positiva. É o melhor jeito de afastar as más energias, bem como ter o controle do momento, que pode ser uma tática fundamental, para não se contaminar com as energias negativas.
  1. Ser empático. Mostrar que as neuroses dos ambientes ou de pessoas negativas não nos trazem receios, porque podemos mudar a direção da conversa, apontando que é possível apresentar alternativas para situações ruins.
  1.  Observe os ambientes.  Principalmente, os humores nervosos. Diga educadamente o que necessita de fato para resolver os problemas e se as pessoas ficarem emburradas, mesmo assim precisamos manter a tranquilidade, não cedendo às energias negativas.
  1. Não insista naquilo que não se pode mudar. Existem pessoas e ambientes que adoecem a saúde mental de todos, mas não querem buscar ajuda. Devemos ficar bem longe disso, visto que esse mundo não nos pertence.
  1. No mundo existe luz e treva. Somos livres para escolher as pessoas que nos cercam e por primazia tenham ideias parecidas com as nossas e trilhem caminhos de luz. Pessoas e locais que nutrem energias negativas foram absorvidas pelas trevas, levando ao adoecimento mental, emocional e físico.

Enfim, o exercício do nosso equilíbrio emocional perante tais situações também fortalecerá a nossa espiritualidade, a fim não dar espaço em nossas vidas às más energias. Como disse o escritor Márcio Souza: “Relacionar ou conviver com pessoas carregadas de energias negativas, pessimistas e cheias de problemas, corremos o risco de nos contaminar com os efeitos radioativos”.

Imagem de capa: Shutterstock/siam.pukkato

 

*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS


Jackson César Buonocore

Jackson César Buonocore
Sociólogo e Psicanalista


COMENTÁRIOS