Como lidar com millennials (quem prefere convívio virtual ao presencial).

Por Ronaldo Lemos

Há pouco tempo, um caro amigo escreveu um dos melhores posts que li recentemente no Facebook. Ele alegava que a relação com os millennials (principalmente quem nasceu entre 1990 e 2000) requer alguns cuidados para membros de gerações anteriores.

Entre vários exemplos, ele conta a história de um millennial (do qual ele é chefe) que decidiu tirar férias sem avisar. Precisando de uma providência urgente no trabalho, ele mandou um e-mail para o subordinado e recebeu uma daquelas mensagens automáticas que avisam que a pessoa se autoliberou de ler qualquer mensagem (como se isso fosse possível no mundo de hoje). Curiosamente, a mensagem dizia: “Estarei ausente até o dia tal, com acesso limitado a e-mails. Em caso de urgência favor entrar em contato com [meu chefe]”, e logo a seguir dava o e-mail do meu amigo para que ele cuidasse de todas as pendências do millennial em repouso.

Compartilhar
Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS