Depressão: Mal estar do mundo moderno.

Por Marta Batista

Considerada e vista como o mal da humanidade, o que é?  e como estar em depressão? Algumas pessoas descrevem, relatam e diz: – Como viver em um buraco negro ou ter um sentimento vazio constante, sentimento de desgraça.

No entanto, depressão é diferente da tristeza normal ou da simples desmotivação, na medida em que anula o seu dia-a-dia, interferindo com a sua capacidade de trabalhar, estudar, comer, dormir e divertir-se. Os sentimentos de desamparo, desesperança ou sem nenhum alívio.

O ser deprimido tendem a sentir-se impotente, sem esperança culpando-se por terem esses sentimentos. A depressão interfere com as atividades da vida diária, tais como trabalhar ou concentrar-se em tarefas ou mesmo comer ou dormir. Alguns sintomas que estão relacionados com a depressão que precisa ser investigado, tais como: dores crônicas, dores de cabeça, dores de estômagos, irritabilidade, agitação por longo período. Pessoas com depressão podem sentir-se oprimidas e exaustas deixando completamente de participar em certas atividades diárias. Elas começam a isola-se da família e amigos, desinteresse pela vida, senti um profundo sentimento de culpa.

Quais os sinais e sintomas da depressão:

·         você não consegue dormir ou dorme em excesso;

·         tem dificuldades de concentração, ou sente que algumas das tarefas que fazia facilmente são agora um tormento;

·         sente-se desesperançado e desamparado;

·         não consegue controlar os pensamentos negativos por mais que se esforce;

·         perdeu o apetite ou não consegue parar de comer;

·         está muito mais irritadiço e com humor diminuído do que o habitual;

·         tem pensamentos de que não vale a pena viver (Ajuda imediata);

·         perda de interesse nas atividades diária – falta de interesse nos passatempos anteriores, lazer, atividades sociais, sexo. Você perdeu a sua capacidade de sentir alegria e prazer na vida

·         perda de energia sente-se cansado lento e fisicamente  esgotado todo o seu corpo pode sentir-se pesado e até mesmo pequenas tarefas são difíceis de realizar ou a demorar mais tempo para serem concluídas.

A depressão pode manifestar-se depois de um acontecimento traumático ou após uma situação de elevado estresse ou a perda de alguém  ou alguma coisa significativa. A depressão pode ser percebida quando a pessoa diz para ela própria que a sua vida só pode piorar, outras ficam deprimidas porque sente-se mal com elas próprias, têm pensamentos pessimista, sente-se corroídas pela preocupação e problemas ou ficam estressadas pela situação entre a suas expectativas e a realidade da sua vida.

Como se tratar da depressão?

As causas e os sintomas são diferentes de pessoa para pessoa, assim também são várias as formas, caminhos e ajudas para melhoria da depressão. Se você reconhecer os sinais de depressão em si mesmo ou em outra pessoa, levará algum tempo para explorar as muitas opções de tratamento, maioria dos casos, a melhor abordagem envolve uma combinação de suporte social, mudanças de estilo de vida, desenvolvidos de habilidade emocionais e sociais complementado com ajuda profissional.

Procure ajuda e apoio, a chave para recuperação da depressão é começar por procurar ajuda ter um forte sistema de apoio psicológico. Faça mudanças de estilo de vida saudável que para uma pessoa em depressão não é fácil de fazer, mas ela pode ter um grande impacto e muito eficaz, segue algumas dicas:

·         cultivar relacionamento de apoio;

·         fazer exercícios regulares;;

·         regular o sono;

·         alimentar-se saudavelmente para impulsionar naturalmente o humor;

·         praticar técnicas de  relaxamento;

·         substituir o pensamento negativo por um pensamento positivo.

A medicação pode ajudar aliviar os sintomas da depressão em algumas pessoas, mas eles não são uma cura em si mesmo. Com ajuda de um bom Psicólogo, você aprende na terapia a fornece-lhe habilidades e conhecimentos para prevenir a recaída da depressão. Ensinam-se técnicas práticas sobre reformular o pensamento negativo e empregar habilidade comportamentais no combate à depressão. A terapia também pode ajudá-lo a trabalhar na raiz da sua depressão, ajudando-o a compreender porque é que sente de uma certa maneira, o que são os seus gatilhos para depressão, e o que você pode fazer para permanecer com o seu humor mais estável e emocionalmente mais equilibrado.

Marta Batista é psicóloga e neuropsicóloga sob o registro CRP02/13314

Compartilhar
Marta Batista
Psicóloga Clinica/Hospitalar Especialista em Neuropsicologia. Trabalha na profissão há mais de dez anos. Ministrou aulas em uma instituição de Ensino. Atualmente trabalha em dois hospitais e tem um consultório em Recife- PE , onde realiza atendimento aos sábados. Contato: martabsn4.1@gmail.com



COMENTÁRIOS