Desertos da Vida

Às vezes, é altamente positivo trilhar um caminho solitário. O estar só, pode constitui-se na oportunidade que você terá para experienciar seus desertos, e assim exercitar o contato com o seu “eu”.

Aproveite o silêncio para ouvir no seu íntimo os sons que você nunca ouve. Na quietude da solidão, observe detalhadamente seu ambiente, permitindo-se descobrir detalhes que a correria e os ruídos da vida impedem que você perceba.

Deserto é local de incômodo, mas também é local de descobertas, de valiosos aprendizados e de crescimento.

Pedro Leite

Aproveite para assistir esse vídeo dos ThePianoGuys e pense um pouco nisso:

Compartilhar
Pedro Leite
Psicólogo – CRP 16-2024 Graduado em Psicologia pela FAESA – Faculdades integradas do Espírito Santo (ES-2007), Pós-Graduado em Gestalt-terapia Clínica pela Faculdade MULTIVIX (ES-2009), Pós-Graduado em Terapia Cognitivo Comportamental pela UNIARA - Universidade de Araraquara (SP 2012).



COMENTÁRIOS