Enfrente as críticas manipuladoras

Como você lida com as críticas? A maior parte das pessoas não se sente muito confortável com elas, e isso é algo totalmente normal. Às vezes as críticas são destrutivas e, em outros casos, manipuladoras.

Diferenciar uma crítica construtiva de uma que pretende manipular ou machucar pode ser uma tarefa bastante difícil. Só de pensar na palavra crítica já sentimos uma espécie de repúdio interior.

“Em muitas ocasiões as críticas são feitas de forma destrutiva, prepotente e intimidadora. Os resultados são evidentes: a pessoa dificilmente pode encaixar como construtivo o que ela sente como agressão.”
-María Jesús Aláva Reyes-
É por esse motivo que hoje vamos aprender a enfrentar a crítica, sobretudo aquelas manipuladoras, as quais não devemos permitir que nos afetem.

A origem das críticas
Por que as críticas nascem? Qual objetivo têm? Isso é algo que, se pararmos para pensar, iremos obter poucas respostas ou nenhuma. A origem das críticas que fazem sobre nós ou que nós mesmos fazemos têm 3 motivos:

Tentamos mudar uma situação que nos incomoda, nos preocupa ou nos faz sentir desconfortáveis. Pretendemos fortalecer a nossa relação com a outra pessoa, pois temos medo de que ela seja enfraquecida. Queremos que o nosso interlocutor aceite a crítica, e tentamos facilitar este processo.
Não deixe que os elogios dos outros lhe subam à cabeça, nem deixe que uma crítica chegue ao coração. Estes são os 3 motivos mais habituais, mas o que acontece? Por que eles não funcionam como deveriam e acabam sendo algo muito mais negativo para a pessoa que recebe a crítica?

A verdade é que cometemos vários erros quando formulamos as nossas críticas ou quando as pessoas formulam as delas. Para começar, às vezes não escolhemos o momento adequado ou a nossa crítica sai forçada, sem naturalidade, algo que costuma vir acompanhado de uma agressividade inconsciente.

Além disso, às vezes costumamos dar conselhos desnecessários, as nossas mensagens não têm a força necessária, por isso era melhor que não fossem ditas ou que não tivéssemos feito comparações. Tudo isso tem um efeito negativo para a pessoa que recebe a crítica, algo que pode prejudicar significativamente a relação e causar problemas de autoestima e de confiança ao objeto da crítica.

Mulher diante de um espelho enfrentando as críticas
Todos sabemos o que é um nevoeiro, que parece engolir tudo o que está ao seu redor, absorvendo e fazendo tudo desaparecer de forma imutável. O nevoeiro é indestrutível e só desaparece quando deseja.

É assim que devemos ser. Temos que ser um nevoeiro diante de toda crítica manipuladora cuja pretensão seja nos machucar e destruir. As pessoas que fazem esse tipo de crítica têm sérios problemas de autoestima que querem camuflar lançando críticas manipuladoras direcionadas aos outros.

Mas se você usar a técnica do nevoeiro, as pessoas irão lançar críticas que não vão mudar o seu estado, e no fim a outra pessoa vai acabar ficando entediada. É este o objetivo: fazer com que a outra pessoa desista.

Nós criticamos o mesmo que fazemos às escondidas.
É claro que não podemos contra-atacar, pois o resultado será desastroso. Não podemos nos colocar no nível da pessoa porque isso só irá fomentar mais críticas, vai nos deixar fracos! Seja apenas um nevoeiro, não se altere diante das críticas. É normal que elas o afetem, mas seja forte para pelo menos esconder isso. Você vai ver que mais cedo ou mais tarde a outra pessoa vai cansar. As críticas vão acabar sendo levadas com o vento.

Homem emaranhado entre ramos representando as críticas

Se você já viveu alguma situação como essa, deve estar ciente de que, mesmo a outra pessoa queira fazer você se sentir inferior, é ela que realmente é inferior a você. Essa pouca confiança em si mesma é o que faz a pessoa agir dessa forma. É contraditório, mas é real. As pessoas que são preenchidas de negatividade tentam, de alguma forma, “fazer mal” aos outros para se sentirem bem sobre si mesmas.

“Eu nunca encontrei ninguém que já criticou a si mesmo com o mesmo empenho com que critica os outros.”
-Anônimo-
Você não merece ser objeto de críticas manipuladoras, e se agora mesmo você perceber que está no papel do crítico manipulador, corrija isso! Os seus problemas de autoestima e de confiança não devem afetar as suas relações, os outros não têm culpa. Todas as críticas manipuladoras só terão efeito se você deixar que elas o afetem. Então seja um nevoeiro; você vai ver como as críticas maliciosas desaparecem da sua vida.

TEXTO ORIGINAL DE A MENTE É MARAVILHOSA

Compartilhar
Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.



COMENTÁRIOS