Espelho, Espelho meu, existe alguém mais…do que eu?

Por Adriane Adamo

O relacionamento entre a Rainha má do conto infantil Branca de Neve e os sete anões e seu espelho mágico é algo que realmente me chama a atenção.

Por muitos anos a rainha má ouvia de seu espelho mágico a resposta que queria ouvir, o que a deixava aparentemente feliz e confiante. No entanto, a preocupação excessiva com a questão de ser a mulher mais bela e coisa e tal, demonstra uma certa inquietação interior vivida pela rainha. Sempre ocupada em preservar sua imagem, a rainha tinha um trabalho e tanto tentando manter tudo sobre controle para que nenhuma mulher no reino estive a sua altura.

Sendo assim, quando seu espelho precioso em um determinado dia lhe dá uma resposta contrária do que esperava, ela deliberadamente se condena a viver na infelicidade pelo resto de sua vida pelo simples fato de não aceitar a própria verdade!

Se ela soubesse que aceitar a própria verdade é a primeira condição para quem quer ser feliz, o feliz para sempre da branca de neve teria sido mais cedo e a rainha viveria ao lado de sua enteada em paz e alegria. Mas aí não teria filme.

Acontece que na vida real quanto mais cedo a felicidade chegar melhor. No entanto, infelizmente estar disposto a encarar o próprio reflexo para concertar as distorções que a vida nos causa é uma tarefa árdua que exige coragem sendo mais fácil viver alimentando uma imagem que façam os outros gostarem de nós, afinal vai que alguém descobre quem realmente somos!

Aí o porque muitos de nós vivem exaustos e frustrados sendo exatamente o que os outros querem.

Viver a partir de uma imagem retorcida é viver sem si mesmo. É viver perdido sem saber para onde ir ou o que fazer. Ë viver na superfície dos relacionamentos e o mais triste, não saber se de fato é amado, porque amam a imagem que vêem e não a pessoa em si.

Sentar diante do espelho e descobrir a pergunta certa que se deve fazer para começar a ser feliz é uma atitude de coragem. Mas, somente correndo o risco de não gostar da resposta e ter que lidar com os próprios defeitos, é que se pode descobrir quem se é realmente e começar a ser feliz de verdade!!

Espelho, Espelho meu, existe alguém mais corajosa do que eu?

Espelho, Espelho meu, existe alguém mais humilde do que eu?

…existe alguém mais orgulhoso do que eu?

…mais feliz do que eu?

…mais…   ?

Compartilhar
Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.



COMENTÁRIOS