Todos gostamos das pessoas autênticas, que agem com o coração, que vibram com seus sonhos, que assumem a responsabilidade das suas decisões e dos seus atos. Ninguém gosta de dizer o que deve ser feito, nem de andar fugindo dos comentários mal intencionados que só procuram destruir.

Gostamos das pessoas que são justas e agradecidas, as que não procuram recompensas fora de si mesmas, as que agem de forma desinteressada, as que confiam em nós e nos encorajam a perseguir os nossos sonhos.

Não, não é fácil lidar com gente que a partir da sua maldade vem provocar uma catástrofe nas nossas vidas. É muito complicado pendurar um cartaz no relacionamento quando as intenções estão mascaradas e os sentimentos nos cegam.

Por mais inexplicável que pareça, costumamos viver submetidos a esses relacionamentos porque desacreditamos nas nossas mentes e não as deixamos trabalhar sem o estorvo das expectativas e da descrença. Não percebemos que assim é impossível colocar distância emocional e começar a se libertar das pessoas tóxicas. Por isso é tão difícil esse processo.

As pessoas boas são as realmente importantes nas nossas vidas

As pessoas das quais gostamos conhecem o valor da alegria e da tristeza, procuram não machucar nem ferir os outros, presenteiam sorrisos e oferecem o seu oxigênio quando alguém fica sem ar.

As pessoas de que gostamos contagiam sinceridade e falam com franqueza, são fiéis e leais, e persistentes para alcançar os seus sonhos. São pessoas das quais adoramos nos rodear porque jogam com valores que nos fazem sentir bem e curam as feridas do passado.

Aquelas pessoas são as que criam a alegria e fazem morrer o pesar, as que não se envergonham de reconhecer seus defeitos, as que aceitam os seus erros e aprendem com eles. São essas pessoas que nos abraçam e recompõem nossos pedaços quebrados, fazendo com que as nossas mazelas se diluam em um mar de esquecimento.

Elas não se deixam levar por julgamentos e permitem que você lhes mostre a sua história, ignoram os rumores e não inventam sobre a sua vida. São aquelas que não se ligam em fofocas, apesar do esforço que isso implique, “que têm personalidade” e que agem com coragem frente às injustiças.

As pessoas das quais vale a pena estar rodeado são aquelas que falam a linguagem da sensibilidade, as que são solidárias, boas e respeitosas, as que não intoxicam as nossas vidas, as que reconhecem os valores bons e os praticam.

Sabemos que podemos confiar nelas porque agem a partir da humildade, com tato e gratidão frente à vida. Elas são sábias nos seus sonhos e se arriscam a guiar os seus relacionamentos pelo apreço e não pelo interesse.

Afastar-se da dor nos aproxima da felicidade

Vale a pena abrir os olhos frente ao mundo e evitar se juntar com pessoas tóxicas que esmaecem a vida e que procura dificultar a nossa existência. É preciso procurar brilhar, encontrar o seu caminho e se libertar dos rótulos.

Distanciando-se emocionalmente das pessoas que nos ferem, conseguiremos nos afastar do medo, da dor e da toxicidade. Desta forma, conseguiremos que a autoestima só dependa de nós, evitando deixá-la desprotegida e permitindo que outros a diminuam.

Não se trata de fazê-lo fisicamente, e sim de conseguir uma distância emocional que nos permita nos ocuparmos de resolver o que acontece a cada dia, sem se amargar tentando adivinhar as suas próximas intenções.

Evite os ambientes conflitantes que não conduzam a nenhum tipo de crescimento, pois rapidamente se apropriam de você, da sua sanidade e da sua saúde emocional. A vida é muito curta para se angustiar por aquilo que pretende lhe ferir.

Lembre-se de que somos nós mesmos os que oferecemos validade para as opiniões e as atitudes dos outros. Por isso, dê importância  a aquelas pessoas que lhe tratam bem e que lhe apreciam. Do restante, procure se afastar sem arrependimentos, a sua saúde emocional lhe agradecerá.

Imagem de capa: Shutterstock/frankie’s

TEXTO ORIGINAL DE A MENTE É MARAVILHOSA

*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS


Psicologias do Brasil

Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.


COMENTÁRIOS