Famosos inspiram o mundo revelando suas histórias com transtornos mentais

Diabetes, hipotiroidismo e câncer são doenças que qualquer um de nós poderíamos ter.Depressão, esquizofrenia e transtornos obsessivos também. A diferença é que sobre este segundo grupo ainda recai uma espessa manta de tabus e preconceito, que não ajuda em nada quem sofre com esses distúrbios.

Para encorajar pessoas que também enfrentam batalhas contra doenças mentais, diversas celebridades decidiram se abrir em relação às histórias que elas mesmas têm com esses transtornos. A luta pode ser silenciosa, mas ela é mais comum do que imaginamos – e não tem nada de “insano” ou anormal em relação a isso, afinal, doenças mentais são apenas doenças, que como qualquer outra podem ser tratadas e controladas.

Saiba quem são essas celebridades e com quais transtornos mentais elas precisam lidar. Porque ninguém está imune a eles:

Ellen Degeneres – Depressão

ellen

Tudo o que eu temia, acontecia comigo. Perdi meu show. Fui atacada de todas as formas. Passei de ganhar muito dinheiro com uma sitcom para não ganhar dinheiro. Quando eu saí daquele estúdio após 5 anos de trabalho duro, sabendo que tinha sido tão maltratada por nenhuma outra razão se não pelo fato de ser gay, eu entrei em profunda, profunda depressão“.

Adam Levine – TDAH (Déficit de Atenção)

adam

Quando eu fui diagnosticado com TDAH, não foi uma surpresa porque eu sempre tive dificuldade em manter o foco na escola. E eu acho que, mesmo agora, as pessoas enxergam meu transtorno no dia a dia. Quando eu não consigo prestar atenção, eu não consigo mesmo.”

Gwyneth Paltrow – Depressão Pós-Parto

paltrow

Foi terrível, foi exatamente o oposto que aconteceu quando a Apple (primeira filha) nasceu. Eu não podia acreditar que era a mesma coisa. Eu apenas pensei que isso significava que era uma mãe terrível e uma má pessoa”.

Brad Pitt – Depressão

brad

Eu tive que lidar com a depressão, mas agora não, não nesta década – talvez na anterior. Mas isso também é enxergar quem você é. Eu olho para isso como um grande aprendizado, como um dos anos ou um semestre. ‘Este semestre estou me especializando em depressão. Fazendo as mesmas coisas todas as noites, tendo dificuldade para dormir, a mesma rotina. Mal podia esperar para chegar em casa e me esconder“.

Carrie Fisher – Bipolaridade

carrie

Por vezes, você não quer ser aquela pessoa. Você não quer ser o anfitrião daquele jantar. E eu não tinha escolha. Quando meu problema está mais forte, ele vira um caminho claro. Sabe, eu subo uma montanha bem alto e de repente começa tudo indo muito rápido. Eu deixo de conseguir me conectar. Minhas frases deixam de fazer sentido. Eu não consigo dormir e não sou de confiança”.

Elton John – Bulimia

elton jhon

Assim que eu falei ‘preciso de ajuda’, eu sabia que iria ficar melhor, eu estava determinado em melhorar. Mas foi um alívio conseguir falar”.

Angelina Jolie – Depressão

angelinaMe sentia como se estivesse indo para um lugar bem escuro, e eu era incapaz de me levantar de manhã, por isso assinei algo que me obrigaria a ser ativa.”

David Beckham – Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC)

David B

Eu chego em um hotel. Antes de conseguir relaxar, eu preciso pegar em todos os folhetos, livros, etc e colocá-los em gavetas. Tudo tem que estar perfeito”.

Beyonce Knowles – Depressão

Beyonce

Quando me tornei famosa, tinha medo que mais ninguém fosse me amar pelo que eu era. Eu tinha medo de fazer novos amigos. Até que um dia minha mãe falou: ‘Por que você acha que uma pessoa poderia não gostar de você? Você não sabe quão inteligente, querida e linda você é?’ Foi quando eu decidi que só tinha dois caminhos: ou desistia ou seguia em frente.”

Matéria original de Hypeness

 

 

Compartilhar
Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.



COMENTÁRIOS