E se substituíssemos os castigos pela meditação? Perdemos muitos anos seguindo os mesmos métodos de correção para fazer com que as crianças aprendam com seus próprios erros.

No entanto, estes métodos perderam a credibilidade. Agora, as crianças dão risada cada vez que são colocadas contra a parede ou quando devem copiar uma centena de vezes “não voltarei a conversar em sala de aula.”

A sociedade progride, as pessoas mudam, a educação se atualiza e as formas de ensinar também. Assim, é hora de usar um dos métodos que mais ajudam os adultos e agora também, as crianças.

O quarto consciente

Esta proposta engenhosa veio em uma escola norte-americana, a escola primária Robert W. Coleman. O projeto foi realizado em conjunto com a organização sem fins lucrativos Holistic Life Foundation.

Foi esta escola que incentivou os professores a usar a meditação no lugar da punição.

A este quarto especial para onde as crianças iriam se não se comportassem, se não fizessem o dever ou se brigassem, é dado o nome de “quarto consciente”.

Talvez você se pergunte como é possível que isso possa ter tido algum sucesso. Os próprios professores duvidaram dos benefícios de sua aplicação.

As crianças são muitos rebeldes e ficar apenas sentadas, quietas ou somente respirar pode ser muito chato. No entanto, os resultados foram surpreendentes.

Foi o próprio diretor do colégio quem descobriu que os alunos haviam melhorado o comportamento, se tornaram menos irritáveis e mais capazes de refletir sobre seus próprios erros.

A meditação nos ajuda sempre

Meditar não significa apenas sentar-se em silêncio e pensar. Vai muito além. Ela lhe permite se encontrar consigo mesmo, saber como você é, onde você falha, quais são seus pontos fracos e fortes …

A meditação ajuda a acalmar e eliminar o estresse que, às vezes, toma nossas vidas. Além disso, nos afasta da ansiedade e das preocupações infundadas.

As crianças também estão sob grande pressão. Às vezes essa raiva que faz com que briguem uns com os outros ou se rebelem contra o professor tem sua origem em uma série de atividades que os sobrecarregam.

Não vamos esquecer que os pequeninos precisam de tempo para se distrair. Claro que devem se formar, mas estar continuamente em sala de aula e em várias atividades extracurriculares pode saturá-los.

Muitos pais poderiam meditar com seus filhos em casa. O problema é que eles acreditam que não têm tempo para isso e não se preocupam em aprender as técnicas corretas para conseguir fazê-lo.

Entretanto, o que não se percebe é que esta prática é necessária e muito benéfica. Não é uma perda de tempo, ou algo dispensável.

Deve ser entendida assim, pois requer grande concentração e interesse para ser compreendida de verdade.

Uma solução moderna

Sem dúvida continuamos a dar pouca importância ao cultivo de nós mesmos e consideramos uma bobeira a ioga, a meditação e todas atividades relacionadas ao nosso lado espiritual.

O que você pensaria se agora mesmo pudéssemos lhe abrir os olhos para os benefícios da meditação?

Aqui deixamos alguns destes benefícios que podem auxiliar as crianças desde o primeiro momento em que começam a praticá-las:

  • As crianças aprendem a ficar mais calmas e são capazes de controlar seus “surtos de raiva.” Até as birras diminuirão significativamente.
  • Não somente serão capazes de se concentrar no presente, esquecer o passado, o futuro e viver no agora, mas isso ainda irá ajudá-las na concentração em sala de aula.
  • Elas irão desfrutar e apreciar as pequenas coisas que estão ao seu redor e que possuem. Sem desejar o que, na verdade, não precisam.
  • Serão capazes de criar empatia, de entender melhor seus amigos e serão mais generosas. Deixarão de lado o egoísmo tão predominante nas crianças.
  • Irão conhecer a si mesmas, descobrirão como pensam e sentem. Tudo isso irá ajudá-las a adquirir mais consciência de que, às vezes, não devem buscar culpados, mas assumir a responsabilidade por suas próprias ações.
  • Aprenderão que o erro é um impulso e que o perfeccionismo é inatingível. Poderão ter objetivos saudáveis sem ficar frustrados ou decepcionados…

Como você pode observar, os adultos podem aprender muito com todos estes ensinamentos que a meditação proporciona às crianças.

Imagem de capa: Shutterstock/Oksana Kuzmina

TEXTO ORIGINAL DE MELHOR COM SAÚDE

*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS


Psicologias do Brasil

Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.


COMENTÁRIOS