Neuróticos têm menos poder de concentração no trabalho, sugere estudo

Por Humberto Abdo

Entre aqueles que se identificam com a personalidade de pessoas como Woody Allen — ansioso, obsessivo e metódico —, um novo estudo acaba de trazer más notícias: no ambiente de trabalho, os neuróticos não conseguem se concentrar direito.

Analisando a atividade virtual de 40 funcionários de uma empresa, um experimento organizado por pesquisadores da Universidade de Califórnia, Irvine, o MIT Media Lab e a Microsoft ajudou a entender como fatores como personalidade e estresse alteram a habilidade de alguém manter sua atenção.

O experimento incluiu dois aspectos principais: neurose e impulsividade. A definição acadêmica de neurose é mais ou menos aquela que conhecemos: neuróticos costumam ser ansiosos, sensíveis e tendem a passar mais tempo refletindo sobre suas emoções. Nas palavras dos pesquisadores, eles são “mais propensos a ficar irritados e gostam de analisar acontecimentos passados várias vezes na cabeça”. A impulsividade é mais fácil de explicar: basicamente pessoas sem autodomínio.

Por duas semanas, os hábitos dos participantes foram monitorados, observando quando saíam de uma página para outra — do email para o Word, por exemplo — e quando simplesmente mudavam de atividade no computador.

As conclusões mostraram que existe uma relação forte entre neuroticismo e a falta de habilidade em manter o foco por um longo período. Os cientistas acreditam que isso acontece porque neuróticos gastam bastante tempo e atenção focando em coisas do passado, revivendo conversas, se preocupando com o email que enviaram e pensando se fizeram o pedido certo ao jantar no restaurante.

Com menos energia e atenção, pessoas com esse tipo de personalidade têm dificuldade de filtrar todas essas distrações no trabalho. Os impulsivos, de acordo com o estudo, também têm o tempo de foco reduzido.

Talvez o resultado sirva para explicar tendências como os livros de colorir para adultos, o tipo de atividade que demanda concentração total. Seria esse o segredo de Woody Allen?

Compartilhar
Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.



COMENTÁRIOS