O psicólogo no fitness: sua academia faz avaliação psicológica?

O trabalho multidisciplinar tornou-se foco em várias áreas, unir profissionais de diferentes especialidades leva a uma melhor qualidade e a resultados mais promissores. As academias de ginástica também podem usufruir deste trabalho multidisciplinar. Para isso, além da avaliação física, postural e nutricional, pode oferecer a avaliação psicológica.

De acordo com Valle (2000), qualquer pessoa ao iniciar uma atividade física deveria passar por uma avaliação, de preferência multidisciplinar, para que fosse estabelecido um programa adequado as suas necessidades. Ainda, segundo a autora, a avaliação levaria em conta as indicações médicas e os aspectos emocionais do indivíduo, com isso além de evitar o abandono, conciliaria a satisfação com a prática de atividade física.

Quando uma pessoa se conhece melhor, estando ciente de seus limites e resistências, mais chances ela tem de acertar na atividade escolhida e maior sua possibilidade de sucesso. Uma avaliação psicológica pode auxiliá-lo neste processo. Um obeso sedentário precisa ser orientado de forma diferente de um esportista que descobriu ser cardíaco, por exemplo. (Valle, 2000).

Qualquer prática esportiva sofre a influência de uma série de fatores, o Psicólogo do Esporte através de uma a avaliação psicológica pode conhecer melhor como estes fatores interferem na prática de exercícios de cada pessoa, conhecer sobre suas expectativas e metas com a iniciação física.

O objetivo principal da Avaliação Psicológica em academias é entender o sujeito nas suas esferas física e mental. Por tanto, a avaliação e seus resultados não estarão para rotular o praticante ou expor-lhe aos demais profissionais, serão utilizados apenas pelo psicólogo e este repassará somente as informações básicas e necessárias para a elaboração de um treino e atendimento mais adequado ao praticante.

Em termos financeiros, a intervenção de um psicólogo tem baixo custo se considerarmos o alto índice de evasão das academias, ou mesmo, o investimento em planos de aulas que não são usados, pois os praticantes desistem antes de findar o pacote contratado. Ao investir em um psicólogo do esporte para o trabalho de Avaliação Psicológica é possível ter um levantamento detalhado do perfil psicológico dos praticantes, conhecendo nível de tensão, ansiedade, nível de vigor e produtividade, estados de humor, avaliação das expectativas, (Cozac, 2004). Desta forma a academia vai oferecer para a praticante aquilo que ele veio buscar, e o praticante terá mais conhecimento sobre suas expectativas e de quais estratégias serão traçadas para alcançar resultados.

Zanninni, J. (org) Viva mais, Viva melhor – Guia Prático de Atividade Física. Porto Alegre/RS. Ed. Pão dos Pobres, 2000.

Cozac, J. R. L. Psicologia do esporte: clínica, alta performance e atividade física. São Paulo. Ed. Annablume, 2004.

 

Compartilhar
Angelica Neris
Olá, sou psicóloga e professora de língua espanhola. Trabalho como psicoterapeuta de casais, famílias, indivíduos e grupos, além da psicoterapia atuo em projetos de saúde laboral, psicologia do esporte e do exercício e orientação profissional.



COMENTÁRIOS