O “seu sexo” tem criatividade?

Não suporto mais transar com meu parceiro! É tão igual como comer arroz e feijão todos os dias… (A. C. S) Desejo Sexual

A frase acima representa muitos casais, que vivenciam uma relação de longa data, visto que, a rotina que por vezes estabelece, torna-se inimiga número um do sexo.

A relação sexual que estabelece entre você e seu/sua parceiro(a)é criativa? Se a resposta é sim, faça bom uso da imaginação, inove e tenha muito prazer na hora do sexo.

Caso sua resposta seja não e considera que a relação sexual entre você e seu/sua parceiro(a) é sem criatividade, tenha calma! Nesse artigo veremos muitas dicas para inovar e apimentar a brincadeira sexual.

Já parou para pensar: o que leva a relação sexual ser mais excitante no início da relação e com o tempo o sexo vai perdendo o entusiasmo e caindo na rotina?

Em meu consultório tenho recebido muitos casais que relatam que no início do convívio a relação sexual é mais intensa e excitante, faziam uso da criatividade, todavia, com o passar do tempo, começou a ficar monótono e tudo não passou de uma “mesmice”, no qual se perderam interesse pelo sexo, com freqüência, ocasionando na diminuição do desejo para alguns e extinção para outros.

Em situações semelhantes a essas, a criatividade é essencial para aumentar o desejo e a excitação, elemento fundamental em relacionamentos longos, pois quebra a rotina e instiga sempre o novo, propiciando sempre a curiosidade para o que aparecerá de novidade em cada ato sexual.

Outro fator importante é a conexão dos (as) parceiros (as), no qual ambos precisam se conhecer, saber o gosto um do outro, respeitar as diferenças e desejos, tornar o clima sempre de prazer e para isso é preciso estar disposto a inovar para que o sexo não seja feito de forma automática, perdendo o mistério, que tanto faz bem para a qualidade da relação, auto estima e da vida a dois.

O que fazer para manter uma relação sexual sempre apimentada e tirar suspiros do (a) parceiro (a)?

Não se limite! Faça bastante uso da criatividade.

Abaixo segue algumas estratégias para não deixar a relação sexual cair na rotina:

Lembra de situações que ao ser surpreendido sentiu um “friozinho na barriga”? Essa é a mesma sensação que devemos cultivar no sexo. Surpreenda o (a) parceiro (a), faça uso de surpresas!

O tempo já passou e não lembra mais como fazer, não é? Para refrescar a memória, segue algumas dicas:

Há quanto tempo não tiram um final de semana para passarem juntos? Qual foi a última vez que jantaram a dois no motel e/ou tomaram um banho de banheira? Lembra qual foi à última vez que você mandou uma mensagem “picante”, ou uma ligadinha para o telefone do (a) parceiro (a) e fez um elogio, ou até mesmo falou coisas que instigasse o desejo? Simples atos como esses, podem trazer esse elemento criativo para o sexo e surpreender o outro.

Você conhece na íntegra os desejos e fantasias do seu/sua parceiro (a)?

A maior parte dos casais, pensam que sabem tudo sobre o (a) parceiro (a), inclusive, ao pensar na relação sexual com o parceiro, já prevê como vai ser, devido a monotonia, portanto… Surpreenda! Fantasie e permita-se entrar na fantasia do outro, pode ser algo fantástico.

Fazer uso da fantasia erótica pode ser um tanto rico e poderoso, pois a experiência poderá levar o indivíduo a ter sensações fantásticas, viver situações inesperadas e novas. Solte a imaginação!

São infinitas as performances que você poderá utilizar se lançar mão da criatividade na hora do sexo, todavia, a experiência precisa ser prazerosa para ambos os envolvidos. Seja observador e perceba a reação do (a) parceiro(a). Se for preciso mude as estratégias, mas não desista de ser criativo e alcançar melhores sensações prazerosas na hora do sexo!

Lembrem-se, as pessoas querem se sentir desejadas. Respeite o momento do outro, às vezes é interessante sair do lugar de controle e permitir que o outro assuma o controle na hora do sexo, pode ser que essa experiência seja marcante para você. Experimente e tire as suas conclusões, mas não se precipite, tornando o ambiente de prazer, hostil. Lance mão do improviso e brinque com o que está por vir… Enfim, a criatividade na vida sexual é essencial para aumentar o desejo e excitação. Ela existe em relacionamentos longos e naqueles encontros casuais.

Saia da zona de conforto e INOVE! Não permita que suas relações sejam automáticas e que seu/sua parceiro(a) já comece prevendo como será o início, durante e ao final da relação sexual.

Seja criativo e tenha as melhores sensações com o (a) seu/sua parceiro(a)!

Compartilhar
Juliano Coimbra dos Santos
Psicólogo, Especialista em Sexualidade Humana, Especialista em Gestão Empresarial e de Recursos Humanos, Graduado no Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos. Atua como Psicólogo Clínico, Sexólogo e como Psicólogo na Execução da Medida de Internação Socioeducativa no Instituto de Atendimento Socioeducativo do Estado do Espírito Santo – IASES. Diretor da JCSPSIC – Treinamento & Desenvolvimento Humano e atua como Professor do Centro de Pós Graduações – CESAP.



COMENTÁRIOS