Os danos psicológicos do efeito “sanfona”

Por Amanda Ribeiro

O efeito sanfona é uma realidade enfrentada por muitas pessoas que geralmente passam anos fazendo dietas e se esforçando em atividades físicas, mas, no final acabam perdendo peso e passado alguns dias ou semanas ganham a mesma quantidade que perderam, ou até mesmo, mais do que perderam.

Além de trazer inúmeros malefícios para o corpo, esse efeito traz graves consequências para o psicológico, pois reforça os pensamentos sabotadores como “sou incapaz de fazer dietas” “nunca conseguirei emagrecer” “nenhuma dieta serve para mim” e consequentemente leva essas pessoas a buscarem métodos ditos como “milagrosos” que não tem como objetivo reeducar a alimentação e reprogramar o pensamento, o resultado não pode ser diferente de reforçar o efeito “sanfona”.

Pessoas que passam pelo efeito “sanfona” chegam ao consultório psicológico com baixa estima e muito desmotivadas a reiniciarem um processo de reeducação alimentar, geralmente apresentam uma visão de futuro distorcida, por não acreditarem ser possível emagrecer e mudar seus hábitos por tempo indeterminado.

Nesse caso, além de aplicar outras técnicas, o psicólogo irá trabalhar para auxiliar na motivação constante do paciente, auxiliando-o no plano alimentar e diminuindo as chances de abandoná-lo.

O ponto fundamental para se manter motivado para seguir o plano alimentar é ter uma lista de motivos pelos quais gostaria de emagrecer e lê-la todos os dias. Esse exercício é uma forma de trazer para o concreto o pensamento e assim, deixar mais claro para o cérebro os motivos pelos quais gostaria de emagrecer e diminuir a possibilidade de recaídas diante de pensamentos sabotadores.

Para criar uma lista de motivos é necessário escrever tudo aquilo que se objetiva com a dieta, desde as pequenas coisas até os resultados maiores.

Segue um exemplo de lista para colocar em prática:

  • Ficarei mais bonita
  • Irei escolher a roupa e não ser escolhida pela aquela que me serve
  • A minha pressão arterial irá se controlar
  • Será mais fácil subir escadas
  • Terei orgulho de mim mesma

 

 

Compartilhar
Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.



COMENTÁRIOS