Por Tiago Cabral

Pra começo de conversa, nós psicólogos somos mais legais (risos).

Brincadeiras à parte, uma das perguntas que mais ouço é essa, pois ainda tem muita gente que não sabe da existência de uma diferença entre os profissionais de psicologia e os de psiquiatria, então como um bom psicólogo nerd vou ajudar vocês a nunca mais confundir um com o outro.
COMEÇANDO PELAS SEMELHANÇAS
Eu gosto sempre de começar falando pelo que é igual.
O primeiro e mais óbvio ponto em comum é que os psiquiatras e os psicólogos estudam a mente humana. Tanto os psicólogos quanto os psiquiatras são habilitados para realizar a psicoterapia. Os dois conferem laudos (dentro de suas áreas específicas leia este artigo que explica que tipo de laudos os psicólogos podem dar).
Os dois fazem diagnóstico e tratamento de transtornos mentais.
MAS E AS DIFERENÇAS?
Na formação:

Psicólogos cursam ensino superior em “Formação de Psicólogos”, enquanto que, para se tornar um psiquiatra você precisa ser um médico formado e cursar uma especialização dentro da área de psiquiatria. Um psicólogo se forma em 5 anos, um psiquiatra leva de 8 até 10 anos para se formar, dependendo da sua linha de atuação e da forma como ele se especializa, seja através de uma pós-graduação, uma residência ou outros.

Curiosidade 1: Até algumas décadas atrás, a psiquiatria se valia de termos criados por Freud para descrever os transtornos mentais. Somente há pouco tempo que um catálogo internacional foi criado baseado em estudos essencialmente focados na medicina para a atuação dos profissionais que estudam a mente humana.

Na atuação:

Psiquiatras estudam, em geral, a parte orgânica dos transtornos mentais. E apesar de também atenderem pessoas com transtornos psicológicos, eles são especialistas em transtornos psiquiátricos. Um fator importante a se destacar é que os psiquiatras, por estudarem a parte orgânica da psicopatologia e por serem médicos, podem prescrever medicações, sendo essa uma das principais diferenças entre as duas profissões.

Psicólogos também estudam a parte orgânica dos transtornos, mas não são médicos e não podem prescrever medicamentos, no entanto, os psicólogos são os únicos a realizar o psicodiagnóstico, uma forma especializada de “avaliação psicológica” que foi desenvolvida nos laboratórios e aplicada a principio no Exercito Americano para a seleção de soldados, sendo esta uma das práticas que fundou a profissão. Além disso, os psicólogos, apesar de também poderem tratar pessoas com transtornos psiquiátricos são mais treinados em transtornos psicológicos ou, como diria a psicanálise, as “neuroses”.

Curiosidade 2: Apesar das pessoas comumente relacionarem Freud à psicologia, ele não era um psicólogo, mas sim um psicanalista sendo ele mesmo o inventor dessa forma de terapia! Além disso, sua formação profissional era em medicina. A psicanálise hoje não é reconhecida pelo meio científico e é considerada uma “metapsicologia”. No entanto, muitos psiquiatras e psicólogos ainda utilizam os ensinamentos de Freud como referencial teórico para seus atendimentos.

Onde trabalham:

Psiquiatras podem ser encontrados em consultórios particulares, ambulatórios e/ou hospitais (especializados ou não em saúde mental), e demais instituições da Rede de Atenção Psicossocial além de outros.

Psicólogos também podem atuar em clínicas particulares, ambulatórios, hospitais, na Rede de Atenção Psicossocial, em empresas, no Sistema Único de Assitência Social (SUAS) e em muitos outros ambientes.

Curiosidade 3: A psicanálise não é uma profissão regulamentada no Brasil. Além disso, existem outras formas de terapia que concorrem com a psicologia e a psiquiatria. Saiba mais neste artigo.

Curiosidade 4: Psicólogos que atuam no SUAS não podem executar a terapia, pois isso vai contra a política do Ministério do Desenvolvimento Social. Aliás, você sabia que no SUAS as pessoas atendidas não são chamadas de “pacientes”, mas sim de “usuários do serviço”? A intenção é não hierarquizar o atendimento fazendo com que as pessoas que acessam as instituições sejam tratadas de forma igualitária.
RESUMINDO
Psicólogos são profissionais de nível superior que estudam a mente de uma visão filosófica, estatística, biológica e social. Atuam nos mais variados setores, desde a saúde até mesmo empresas, o trânsito e os esportes! Suas ferramentas são a terapia, o atendimento psicossocial, o poder de emitir laudos psicológicos e somente eles podem executar o psicodiagnóstico!

Psiquiatras são médicos especializados em psiquiatria que estudam a mente a partir de um ponto de vista derivado da medicina. Atuam principalmente na área de saúde mental e suas ferramentas são a terapia, o atendimento psiquiátrico, a confecção de laudos psiquiátricos e a prescrição de medicamentos.

TEXTO ORIGINAL DE TIAGO CABRAL.NET

Imagem de capa: Shutterstock/Lia Koltyrina

Compartilhar

RECOMENDAMOS




Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.

COMENTÁRIOS