Se você está passando por um término de relacionamento ou já passou por um, talvez tenha se sentido um pouco perdido, sem saber realmente para onde ir. É totalmente normal, pois temos que experimentar o fato de se descobrir após uma separação.

Quando convivemos ou estamos muito tempo com outra pessoa, nossa vida não é a mesma que seria se estivéssemos solteiros. Nosso horário, nossas atividades, nossos hobbies…. Tudo se adapta à vida do parceiro, inclusive compartilhamos o lazer e amigos!

Mas, quando a ruptura bate a nossa porta, de repente nos sentimos vazios. Não sabemos nem quem somos nem o que queremos. Esquecemos de nós. Antes pensávamos como uma equipe e agora temos que nos recuperar novamente.

Descobrir-se após uma separação é uma experiência maravilhosa

Talvez se descobrir após uma separação pareça algo horrível. Estamos tão perdidos e tão doídos que perdemos as esperanças e as vontades voltar a viver felizes de novo. No entanto, essa relação que foi rompida supõe nada mais do que uma experiência que nos fez enriquecer e que devemos enxergar como uma oportunidade para seguir em frente e para melhorar como pessoas.

Descobrir-se após uma separação é algo muito bonito. Perceberemos muitas coisas que deixamos de lado, que não fazíamos porque não tínhamos tempo para nos dedicarmos a elas, já que nosso parceiro monopoliza tudo. Por isso, agora é o momento de recuperar aquelas aulas de tênis que tanto gostávamos ou aquelas caminhadas na trilha que nos fazia sentir tão livres.

Também, descobrir-se após uma separação nos tornará conscientes de todas as pessoas importantes em nossa vida que tínhamos deixado de lado. Por exemplo, os amigos. Acreditamos que já não teríamos com quem sair ou com quem fazer planos, porque há tempo tínhamos substituído nossos amigos por nosso parceiro.

Um término e o posterior autodescobrimento ajudará a valorizar as relações que deixamos de lado pela loucura da paixão, para que em um futuro não volte a acontecer o mesmo. Lembre-se de que os amigos, quando cuidados, sempre estarão lá, apoiando-nos, respeitando-nos, sempre, sem nos julgar e nos aceitando assim como somos, com nossos defeitos e virtudes.

A vida segue em frente

É natural sentir dor e pena por aquela relação tão bonita que chegou ao fim. No entanto, isso vai passar, a vida segue em frente. Por isso, o luto, por mais sofrimento que cause, tem que ser superado. Não podemos ficar na tristeza nem nos sentir culpados porque essa relação não tenha funcionado. Tampouco podemos nos sentir vítimas das circunstâncias.

Descobrir-se após uma separação nos mostra que a vida segue em frente, que as relações terminam e é algo natural. Sentir que tudo acabou, que não voltaremos a encontrar mais ninguém e que não voltaremos a ser felizes é normal. A segurança naquela pessoa já não existe, em seu lugar somente existe uma imensa solidão.

Uma solidão que nos atemoriza e que tentamos evitar. No entanto é uma solidão que, bem gerenciada, permitirá nos conhecermos melhor e seguir nosso caminho.

  • O que fazíamos como nosso parceiro antes? Não temos que deixar de fazer essas coisas, podemos seguir desfrutando delas sozinhos ou com amigos.
  • O que gostávamos que não fazíamos com nosso parceiro? Agora é o momento de recuperar tudo isso que nos preenchia e nos fazia imensamente felizes.
  • Aprendemos algo dessa relação? Analise o que acontecer, os erros, os acertos e aprenda com tudo isso, para aplicar nas relações posteriores.
  • A solidão dá medo? Pois abrace-a! Talvez nunca tenha se atrevido a ficar sozinho, por isso que esta é uma excelente oportunidade. Não tem maneira melhor para descobrir a si mesmo.

Descobrir-se após uma separação é algo muito bonito, ainda que não seja simples. Em muitos casos, será importante recorrer à ajuda de um profissional que possa nos guiar durante o processo.

Voltar a saber o que nos preenche, estar conscientes de que podemos ser felizes sem ninguém ao nosso lado, recuperar aquelas pessoas que deixamos de lado e aprender com a experiência da relação…

Tudo isso não é uma tragédia, é uma oportunidade para crescer!

Imagem de capa: Shutterstock/InesBazdar

TEXTO ORIGINAL DE MELHOR COM SAÚDE

*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS


Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.

COMENTÁRIOS