Há quem acredite que as palavras têm um poder genuíno e transformador quando vêm do coração. O jovem Leonardo Martins, de 19 anos deve ser uma dessas pessoas. O rapaz tatuou em sua costela uma carta escrita por sua avó, de 85 anos, diagnosticada com Alzheimer.

Nesta semana, ele publicou um texto em seu perfil no Facebook, falando um pouco sobre sua relação com sua avó e como se deu a ideia de eternizar o registro em sua pele. “Foi ano passado que a vó escreveu essa carta pra mim, quando entrei na faculdade. Eu fiquei com medo de perder, acho que agora eu não perco mais”, diz Leonardo em seu post.

O texto já tem mais de 114 mil compartilhamentos e recebeu centenas de comentários se sensibilizando com a atitude do jovem.

O rapaz conta que a dona Lurdes, sua avó, sempre cuidou de tudo e de todos e que morou em sua casa por 18 anos.

Apesar da situação, sua família tem tentado passar pelo momento de forma alegre. Um pouco dessa leveza pode ser vista em um vídeo postado na página de Facebook de Leonardo, no momento em que ele mostra a tatuagem para dona Lurdes. O vídeo pode ser conferido aqui.

Posted by Leonardo Martins on Monday, August 7, 2017

Por fim, o jovem encerra a carta fazendo uma doce declaração à avó: “Tudo o que precisamos está bem pertinho de nós. Tão pertinho que eu consigo até sentir o toque da pele fina da sua mão no meu rosto só de fechar os olhos. Que gostoso o seu abraço, vó”, finaliza.

Imagem de capa: Shutterstock/Chinnapong

TEXTO ORIGINAL DE MINHA VIDA

*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS


Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.

COMENTÁRIOS