A felicidade nos distancia do médico. Esse poderia ser o resumo de como o fato de ser otimista reforça o nosso sistema imunológico.

Adoecemos menos e desfrutamos de uma vida mais saudável quando não permitimos que as coisas negativas nos afetem

O Otimismo e as defesas

Aquelas pessoas que vivem com um sorriso nos lábios e que veem o lado positivo de cada situação, ainda que as coisas não sejam tão boas, sofrem menos enfermidades e se curam mais rápido de uma infecção quando a sofrem. Ser feliz não significa deixar de lado os problemas ou não nos interessarmos por aquilo que nos acontece. Trata-se de uma filosofia de vida que pode trazer mais benefícios do que pensamos.

Quando vemos o mundo cor de cinza, só nos focamos no lado mal das coisas e vivemos em um estado permanente de estresse, o corpo reage produzindo mais quantidade de esteroides e estes afetam nosso sistema imunológico. Por isso, se você é pessimista e fica olhando o negativo de tudo, é mais provável que adoeça e sofra todo o tipo de infecção.

A resistência de seu corpo aos vírus e bactérias será menor e muito desses microrganismos poderão entrar sem problemas e fazer estragos. As pessoas que já padecem de uma enfermidade crônica ou grave podem melhorar ou piorar segundo o estado de ânimo. Por exemplo, a patologia avança se estão deprimidas ou angustiadas e se recuperam com mais força se sentem esperança ou otimismo.

O otimismo é o melhor remédio

Para prevenir e curar qualquer doença o melhor tratamento é ser feliz. Nosso estado de ânimo repercute na saúde física e mental. Ser negativo não somente atrai mais problemas como também enfermidades. No início do século passado o psicólogo francês Émile Coué desenvolveu um método chamado de “psicoterapia”; incluía técnicas de cura e melhorias através da autossugestão e da hipnose.

Ele dizia a seus pacientes repetirem este tipo de mantra: “Estou muito melhor, tenho menos dor e me sinto bem”. Anos mais tarde o Dr Madan Kataria criou a “terapia do riso”. Esta técnica através da risada demonstrou a interação entre a saúde mental e a física.

As emoções negativas debilitam nosso sistema imunológico e as positivas nos dão o remédio natural que precisamos para não permitir que as doenças avancem. Para poder aproveitar os benefícios do otimismo podemos praticar e desenvolver nossa resiliência, ou seja, a capacidade de andar para frente mesmo quando padecemos de adversidades (a que todos sofremos em maior ou menor medida).

A ideia é recuperar-se o mais rápido possível e fortalecer-se no processo. Motivarmos a nós mesmos, priorizar as ideias e sentimentos benéficos e não nos deixar tomar pelos pensamentos negativos são chaves para alcançar a tão ansiada felicidade e também para evitar certas doenças. Como dizia Sigmund Freud “o pessimismo adoece” (podemos usar a versão contrária a esta afirmação “o otimismo cura”).

Segundo o mestre da psicanálise ser otimista é uma ilusão que serve para sobreviver. É evidente que não podemos ir até o extremo de acreditar que o bom humor ou ânimo é a única maneira disponível de curar nossas doenças.

Como ser mais otimista

Agora que você sabe quais são os benefícios do otimismo em nossa saúde, o próximo passo é aprender a desenvolver este sentimento. Uma vez incorporado aos seus hábitos você poderá então fazer frente a qualquer enfermidade. As técnicas ou recomendações para ser mais otimista são:

Reconheça que é bem-sucedido na sua vida

O objetivo do otimismo não é ser feliz todo o tempo, mas sim de se sentir melhor quando as coisas não estão bem. Reprima a emoção negativa (desgosto, tristeza, angústia, etc…) e foque nas sensações que podem lhe ajudar. Desta maneira sairá da situação desafortunada e aprenderá no processo. Antes de reagir, pense melhor: Como devo me sentir neste momento? Como mudaria tudo se, no lugar de estar triste, me sentisse agradecido?

Olhe para o futuro e lembre de que o otimismo é uma filosofia de vida.

Mude rapidamente de visão

Diante de uma situação ruim sua mente começa a “desviar-se” para o caminho do pessimismo. Tome o controle de suas emoções e mude para o caminho do bom ânimo. Provavelmente você tenha um monólogo interno obstinado a destacar as coisas negativas. Tente canalizar as águas para terras mais tranquilas e felizes.

Busque o lado positivo sempre

Talvez você se sinta cansado por seu trabalho, tenha discutido com seu parceiro de novo ou o dinheiro não é suficiente. Mas o que acha de analisar todas as coisas boas que lhe rodeiam? Uma família, uma casa, um emprego, saúde, amizades, uma casa, comida…. Você já é mais afortunado que milhares de pessoas em todo o mundo.

Ao focar-se nas coisas que valem a pena agradecer você se sentirá reconfortado e feliz. Irá atrás das enfermidades e dos pensamentos que não lhe permitem crescer ou mudar aquilo que lhe afeta. Você pode escrever uma lista com tudo de bom que lhe sucede e lê-la quando não se sinta totalmente otimista.

Sorria

Tente rir todas as vezes que acordar ou quando puder, se for com boas gargalhadas melhor. Olhe-se no espelho e faça caras estranhas para sorrir. Busque vídeos engraçados na internet, escolha filmes de comédia, escute brincadeiras e lembre-se de situações divertidas. Além de melhorar o seu estado de ânimo de forma instantânea você também deixará de lado as doenças e a depressão.

Imagem de capa: Shutterstock/Ollyy

TEXTO ORIGINAL DE MELHOR COM SAÚDE

*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS


Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.

COMENTÁRIOS