Sinais de autismo em bebês

O desenvolvimento cerebral de crianças é mais rápido e maior nos primeiros anos de vida, principalmente nos primeiros meses. Também é neste momento que acontece a construção de relacionamentos através das relações presentes, com o pai, a mãe e os cuidadores, desenvolvendo novas experiências.

Logo nos primeiros meses o bebê reconhece a voz da mãe, tem preferência por rostos humanos, sorriem a expressões faciais, gostam do contato físico, tem contato visual e choram quando sentem dor e fome. É preciso ficarmos atentos a todos estes sinais que eles nos enviam, pois, cada bebê tem a sua forma de se comunicar e é extremamente necessário observá-los.

O Transtorno do Espectro do Autismo é caracterizado como um distúrbio neurológico que compromete o desenvolvimento sociocomunicativo, o comportamento repetitivo e restrito. Também existem algumas variações conhecidas como o transtorno autístico, o transtorno de Asperger, o desintegrativo da infância e o transtorno global do desenvolvimento não especificado (autismo atípico).

O autismo aparece na infância causando atrasos no desenvolvimento, como a aprendizagem e a interação social. Seus sinais e efeitos podem variar, porém ambos apresentam dificuldades na comunicação social como também uma capacidade de memorização excelente e repetição de palavras. Tais dificuldades adaptativas geralmente aparecem antes dos 03 anos de idade, mas em alguns casos é visível logo nos primeiros meses de vida.

Ainda não se sabe claramente as causas do autismo, porém ele é mais comum entre meninos, independente da etnia, localização geográfica ou até mesmo situação econômica.Quanto mais precoce for o diagnóstico do autismo, mais rápido podemos retomar o curso do seu desenvolvimento, o que faz toda diferença no futuro do bebê.

Tais dificuldades adaptativas geralmente aparecem antes dos 03 anos de idade, mas em alguns casos é visível logo nos primeiros meses de vida. Ainda não se sabe claramente as causas do autismo, porém ele é mais comum entre meninos, independente da etnia, localização geográfica ou até mesmo situação econômica.

É importante os pais ou cuidadores aprenderem a observar com atenção o que seus bebês fazem, pois eles podem estar nos dizendo muitas coisas. Reconhecer tais questões é essencial para o conforto e segurança do bebê, contribuindo assim com o seu bom desenvolvimento.

Pais, o desenvolvimento do seu bebê tem que ser acompanhado atentamente, observando sempre os sinais que eles apresentam e sempre mantendo um olhar atento de forma a detectar quaisquer problemas que podem ocorrer precocemente. Qualquer suspeita ou dúvida é importante contatar imediatamente um Pediatra ou Psicólogo para uma avaliação completa.

Compartilhar
Jenifer Longo
Jenifer Longo é Psicóloga Clínica e Especialista em Psicologia Organizacional.



COMENTÁRIOS