Você sabe o que faz um Psicólogo do Esporte? Quem sabe ele pode te ajudar.

Por Angelica Neris

Para um atleta é muito importante o equilíbrio emocional durante ou pré-competição, para um praticante de atividade física também, pois os aspectos emocionais tem grande influência nos resultados dos treinos e exercícios.

As pessoas, cada vez mais, estão aderindo a atividade física na sua rotina. Cientes dos seus benefícios, elas buscam prevenir ou melhorar algo. Contudo, não é de conhecimento da grande massa a contribuição que a Psicologia do Esporte tem a oferecer para o desempenho físico do indivíduo.

Entender a necessidade física do nosso corpo é tão fundamental quanto conhecer nossas necessidades mentais. Ter consciência do padrão de funcionamento possibilita enxergar e evitar boicotes na execução de treinos e mesmo no cumprimento de dietas que norteiam todo um trabalho físico.

Na busca de um corpo saudável, não percebemos que a mente faz parte desse equilíbrio ou desiquilíbrio. Quando buscamos uma academia para perder peso, por exemplo, todo nosso histórico pessoal, rotina, funcionamento estão envolvidos nessa nova etapa. Contudo, todas essas situações, na grande maioria, não são conscientes nem para o praticante, tampouco para o profissional educador físico. Isso significa que quando você procura uma atividade física, pensa nos fatores físicos envolvidos nessa escolha e esquece os fatores psicológicos. Pensa-se na alimentação adequada para os treinos, no horário de realização desta atividade, no melhor tênis para exercê-la, porém não é avaliado seu histórico de vida, expectativas em relação ao treino, não se discute o que é fantasia e o que é realidade no que tange objetivos de treino, ou seja, não se avalia o sistema como um todo. Autoconhecimento é fundamental, a mente e as emoções precisam trabalhar em sintonia com o corpo. Muitas vezes não chegamos aos nossos objetivos físicos porque nossa mente não está trabalhando a nosso favor. Não basta só uma boa alimentação e bons treinos, lembre-se: nós somos mente e corpo.

Sendo assim, a PSICOLOGIA DO ESPORTE busca auxiliar o praticante da atividade física ou desportiva a encontrar meios mais adequados e melhores, que respeitem suas limitações e otimizem suas potencialidades, portanto, ela não se limita só ao esporte de alto rendimento, mas atua para a atividade física regular. Vale ressaltar que o trabalho realizado pelo Psicólogo do Esporte é diferente do Psicólogo Clínico, pois no esporte o foco está no desenvolvimento e rendimento esportivo, visando melhores resultados, maior concentração, satisfação nos treinos, motivação, bem-estar e qualidade de vida.

Alcançar as metas na academia ou nas competições pode ser mais fácil e mais prazeroso se puder contar com profissionais que te auxiliem neste processo. Consulte um Psicólogo do Esporte!

Compartilhar
Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.



COMENTÁRIOS