16 atividades para fazer com a pessoa com Alzheimer

Quanto menos atividades a pessoa com o Mal de Alzheimer fizer, maior poderá ser a evolução da doença. Embora seja uma doença limitante em alguns sentidos, alguns exercícios simples são possíveis e indicados, e que trarão resultados importantes para o cotidiano do paciente e do cuidador.

A lista publicada pelo site Reab.me,  dedicado a diferentes abordagens sobre reabilitação, traz sugestões de atividades que fazem parte do dia a dia da pessoa com Alzheimer e outras que exigem poucas mudanças na rotina. Ana Leite, editora-chefe do Reab.me, terapeuta ocupacional, especialista em tecnologia assistiva e mestre em design e ergonomia, é a autora das sugestões, publicadas no site.

Confira algumas das atividades:

1. Organizar/ordenar cartas ou cartões de datas festivas (Natal, Aniversário, etc).

2. Ler livros, histórias ou matérias de revista em voz alta.

3. Ler o jornal em voz alta (lendo a data completa para ajudar na orientação).

4. Pintar ou colorir imagens (não oferecer nada infantil).

5. Limpar a mesa após as refeições (com os devidos cuidados para manter a segurança).

6. Reproduz músicas favoritas (desenhar, encenar, fazer mímica).

7. Dobrar toalhas ou roupas tiradas do varal.

8. Lembrar de grandes invenções, bons livros ou programas de TV.

9. Cortar bonecas de papel, borboletas ou outras formas (com os devidos cuidados para manter a segurança).

10. Lembrar do primeiro beijo ou um verão ou férias passadas.

11. Fazer a unha da pessoa de cores que ela goste.

12. Concluir frases famosas, ditados populares ou trechos de músicas.

13. Montar um quebra-cabeça (não ofereça nada infantil).

14. Esfregar loção de mão, hidratante ou perfume (participando de atividades de autocuidado).

15. Ajudar a catar feijão ou retirar sementes de verduras (como o tomate).

16. Fazer origami.

A seleção dos 16 tópicos foi feita pelo Viver Bem

Compartilhar
Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.



COMENTÁRIOS