sexta-feira, julho 20, 2018

Quem lhe quer bem lhe fará um café

Seu efeito foi tão inquietante que, quando chegou à Europa no século XVII, os sacerdotes católicos não duvidaram em chamá-la “a amarga invenção de Satanás”.

Como assistir “Friends” ajudou minha saúde mental

De alguma forma, o seriado fez parte do meu amadurecimento – dos momentos bons, dos momentos de tédio, dos momentos de crise.

Jogos virtuais não têm mais game over, diz psicólogo

Há cerca de 13 anos, o psicólogo Cristiano Nabuco, do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo, reúne jovens para debater e tratar dependências tecnológicas, entre elas o excesso no uso de videogames.

Paola Carosella deixa uma lição sobre a beleza da mulher depois...

Sem a menor intenção de se enquadrar em padrões de beleza, Carosella deu um show de aceitação ao responder o questionamento de um dos seguidores sobre seu corpo.

Para refletir: Menina defende colega filha de pais gays na escola

O vídeo é um experimento do programa espanhol Gente Maravillosa, do Canal Sur TV, e aconteceu em uma escola de balé. O programa segue o mesmo formato do quadro ‘Vai fazer o quê?’, do Fantástico (TV Globo).

Personalidade Borderline: o desespero de atrair a tão temida rejeição.

O carro chefe do comportamento instável do Borderline é o medo do abandono e da rejeição, ele sofre de forma visceral com a ideia do abandono real ou imaginário. Ele precisa estar "grudado" em outro para validar a sua existência.

INDICADOS