O estresse diário se acumula e enreda a pessoa em um círculo vicioso difícil de romper.

É importante lembrar que a síndrome do esgotamento profissional desenvolve-se devagar.

Alguns pesquisadores a dividem, para fins didáticos, em 12 estágios, que podem se suceder, alternar-se ou ocorrer ao mesmo tempo, até que o quadro de fato se instale.

Leia o texto completo: “No limite do estresse”, capa da edição de abril de 2015 de Mente e Cérebro, disponível na Loja Segmento

123456


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS


Psicologias do Brasil

Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.


COMENTÁRIOS