5 ladrões da nossa energia segundo Dalai Lama

Nós seres humanos somos e estamos constituídos de energia, a qual nos permite alcançar aquilo que desejamos e nos superar todos os dias melhorando o nosso ser interior. Para isso é fundamental cuidar do nosso estado de energia renovando-o a cada dia e potencializando assim cada um dos nossos talentos natos. Assim seremos a melhor versão de nós mesmos para quem amamos e para a humanidade.

Sabendo a respeito do poder que a energia tem em nós e a força que nos dá para construir o nosso próprio crescimento pessoal, Dalai Lama define 5 ladrões da energia que devem ser evitados sempre que possível.

“Dizem que nosso inimigo é nosso melhor mestre. Ao estar com um mestre podemos aprender a importância da paciência, o controle e a tolerância, mas não temos a oportunidade real de exercitá-la. A verdadeira prática surge quando nos deparamos com um inimigo.”

-Dalai Lama-

Aceite o momento presente
Vivemos em uma era onde prevalecem o futuro e o amanhã sobre o momento, o aqui e o agora. Passamos por cima do poder do presente, de desfrutar o instante em que vivemos e nos perdemos em planos futuros que não nos permitem valorizar o que já temos. Este estado nos leva a não aceitar situações que se apresentam no nosso dia a dia com conotação negativa, já que não temos o poder de mudar tudo.

Aceitar, por isso, é a tarefa que devemos começar a praticar como mantra. Quando aceitamos que não podemos modificar alguma coisa estaremos diante da possibilidade de mudarmos o plano e sermos muito mais abertos a novas oportunidades. “Aceite. Não é resignação, mas nada faz você perder mais energia do que resistir e brigar contra uma situação que você não pode mudar”.

Tire um tempo e dê passos pequenos
O dia a dia está feito de tempo, assim como a natureza. Essa é a autêntica beleza da nossa plenitude interior, aceitar o tempo mas não se tornar escravo do mesmo. Já sabemos que existe uma infinidade de ritmos diferentes quanto ao tempo e cada um de nós tem o seu. “Permita-se descansar se você está precisando e permita-se agir se você está propenso a agir.”

Para isso é fundamental saber quando parar e quando agir no momento adequado. Se não o fizermos, deixaremos de valorizar o nosso ser, nossa essência como seres humanos, e perderemos o amor por nós mesmos.

Permitimos assim que se criem estados de ansiedade, tristeza e depressão que nos bloqueiam e não nos permitem ser a nossa melhor versão. Arme-se com alguns conselhos básicos para superar com sucesso estes estados emocionais, entendendo sempre a sua origem.

Rodeie-se das pessoas certas com amor
Quando nos referimos às pessoas certas estamos falando daquelas que fazem parte do seu ser, que amam você com sinceridade, compromisso e não exigem nada em troca. Pessoas que são generosas por um grande motivo: o amor.

Pessoas que nos fazem sentir ainda mais vivos e livres ao sermos nós mesmos. “Deixe ir embora as pessoas que só vêm pra compartilhar queixas, problemas, histórias desastrosas, medo e julgamento dos outros. Se alguém procura um lugar para jogar o seu lixo, procure que não seja na sua mente.”

Cuide da sua saúde
A saúde é o pilar básico que indica se estamos administrando adequadamente a nossa existência. É o termômetro, porque a nossa vida emocional tem muito de biológico e também se expressa através das nossas constantes vitais.

Quando falamos de energia falamos de corpo, portanto é fundamental dar ao corpo descanso, boa alimentação e tempo para meditar. “Dê prioridade à sua saúde: sem as máquinas do seu corpo trabalhando ao máximo você não poderá fazer muito. Tire um tempo para descansar.”

Tenha o hábito de perdoar
Aprender a perdoar nos permite nos libertar do passado e continuar de forma positiva rumo ao futuro. Podemos sentir emoções que nos enchem de tristeza, raiva, rancor e inclusive sede de vingança, mas temos que aprender a lidar com elas.

Entender estes sentimentos e o seu “porquê”, aprendendo a perdoar, nos permite melhorar nossa existência e, com o tempo, perceber que tomamos a decisão certa. “Perdoe, deixe ir embora uma situação que esteja lhe causando dor, você sempre pode escolher deixar a dor da lembrança”.

Não quebre as suas promessas
Quando prometemos estamos entregando uma parte do nosso coração, já que a confiança tem origem no amor pelos outros e por nós mesmos. Cada um percebe as suas experiências de uma forma ou de outra totalmente diferente, por isso as promessas que fazemos podem ter um valor inestimável para a pessoa a quem são destinadas. Se elas não são cumpridas, portanto, isso pode implicar uma dor enorme para o interior da pessoa.

“Se você não cumpriu, pergunte-se porque você sente resistência. Sempre há o direito de mudar de opinião, de se desculpar, de compensar, de renegociar e oferecer outra alternativa a uma promessa não cumprida, mas não como um hábito. A forma mais fácil de evitar não cumprir alguma coisa que você não quer fazer é dizer NÃO desde o começo”

“A essência da vida espiritual está formada por nossos sentimentos e nossas atitudes para com os outros.”
-Dalai Lama-

TEXTO ORIGINAL DE A MENTE É MARAVILHOSA

 

Compartilhar
Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.



COMENTÁRIOS