São muitas as escolas que seguem programas especiais a fim de diminuir o bullying. Mas este, adotado por colégios de Kansas City, nos EUA, é inusitado: educadores voluntários estão usando cães treinados para ensinar responsabilidade social às crianças. O programa chama-se No More Bullies e acontece durante uma hora diária, em um período de cinco dias em cada local.

Segundo os voluntários, os animais servem para ajudar os pequenos a continuarem focados e a entender a mensagem. Como eles se identificam facilmente com o cão, é fácil que compreendam a dor de um colega de classe ao ser maltratado quando lhes é pedido para comparar ela à dor de um animal ao ser molestado.

Lições de responsabilidade, compaixão, autocontrole e integridade são passadas aos alunos. O currículo foi desenvolvido há cinco anos pela ex-professora Jo Dean Hearn e tem se tornado bastante popular. As escolas que participaram disseram que as habilidades sociais e emocionais de seus alunos melhoraram muito. Não é à toa que hoje existe uma longa fila de espera entre os colégios para receberem os voluntários no próximo ano.

Imagem de capa: Shutterstock/Rob Hainer

TEXTO ORIGINAL DE REVISTA GALILEU

*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS


Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.

COMENTÁRIOS