Faça isso em vez de gritar com seus filhos

Mau comportamento e birras – são momentos como estes que eu tenho que me controlar para não gritar e não ficar mais chateada; mas eu encontrei uma maneira que sempre funciona: o humor. Veja por que o humor funciona:

  • Ele dispersa a tensão

    Quando o ar está carregado de tensão, a melhor maneira de se livrar dela é com o riso. Quando seu filho estiver bravo e lançando aquele olhar raivoso, em vez de responder da mesma maneira, faça-o rir. Faça cócegas nele, faça barulhos soprando com a língua para fora, faça caretas – o que o fizer rir. O clima vai mudar rapidamente de tenso para engraçado.

  • Ele desvia a mente do seu filho para outra coisa

    Mudar de assunto irá fazê-lo desviar o foco da raiva que está sentindo. Ele será capaz de se concentrar em outra coisa além do seu aborrecimento. Mesmo que seja preciso resolver o problema, não dá para resolvê-lo até que ele tenha se acalmado. Amenize o clima. Então, depois que os ânimos se acalmarem, conversem sobre o que aconteceu.

  • Ele ajuda você a se acalmar também

    Você pode, às vezes, estar prestes a perder a calma. Em vez de ceder à raiva, use o humor para se acalmar também. Quando a criança vê que você não está com raiva, ela acaba mudando o tom. Quando você se concentra em fazer seu filho sorrir, torna-se mais fácil usar amor e bondade para resolver o problema.

  • Ele ensina seu filho a relevar

    Se o seu filho tende a insistir em algumas coisas por algum tempo, e leva muito tempo para superar algo, este método poderá ajudar. Ao mostrar-lhe que, em vez de ficar bravo, ele deveria rir, ele aprenderá a lidar melhor com situações difíceis. Quando se deparar com situações futuras, e você não estiver por perto, ele será capaz de superar sua raiva sem a sua ajuda porque está aprendendo agora o que deve fazer.

    Hoje em dia, quando minha filha fica chateada, em vez de fazer uma birra, ela me pede para lhe fazer cócegas. Ela sabe que é assim que deixamos de ficar aborrecidas e superarmos a nossa raiva.

    Este método é utilizado para desfazer uma situação difícil e ajudar seu filho a se controlar, especialmente se ele tende a reagir com exagero a pequenas coisas. É também uma maneira de você não explodir cada vez que ele retruca ou desobedece. Então, depois que ambos se acalmaram, os problemas podem ser adequadamente discutidos.

Imagem de capa: Shutterstock/EvgeniiAnd

TEXTO ORIGINAL DE FAMÍLIA.COM.BR

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.

COMENTÁRIOS