Por Cristina Trilce

Seja qual for a sua idade, a sua vida está em um momento fascinante. Com frequência pensamos que ser mais feliz é uma coisa complicada, mas… e se você pudesse fazer algo muito simples para se sentir melhor, você o faria? Todos temos pesares, coisas que sentimos por ter feito e por não ter feito, desejos não cumpridos, pessoas…

Então, o que distingue as pessoas que parecem ser mais felizes das outras? A chave está na atenção que colocamos nas coisas boas que nos acontecem e nas não tão boas.

Portanto, aconteça o que acontecer, seja emocionalmente inteligente para guardar mais lembranças positivas na sua memória do que negativas, mesmo que isto dê mais trabalho. Se você tem várias opções para continuar em frente, tenha certeza de escolher aquela que você sabe que no fim das contas não poderá entristecê-lo. E seja lá o que você fizer, que lhe faça feliz.

Que o objetivo sempre seja “ser feliz”

O foco de atenção, o objetivo final, é o bem-estar físico e emocional próprio: ninguém quer estar na vida e não aproveitá-la. Todo mundo quer tocá-la, saboreá-la e espremê-la ao máximo até que nos preencha de paz por dentro.

“Todo mundo se afasta quando vê passar um homem que sabe onde vai.”
-Antoine de Saint-Exupery-

Por essa razão, sempre é bom identificar aquelas pequenas coisas que nos fazem sentir bem e se dirigir em direção a elas. Neste sentido, lembre-se de que pode dar errado, mas se você não sabe o que você quer ou o que procura, será muito mais difícil dar certo.

Trata-se da força emocional que existe quando se sabe onde se quer chegar. Pouco a pouco você vai descobrindo como irá conseguir chegar. Com a felicidade se tropeça no trajeto, mas também é um fim que deriva de cuidarmos de nós mesmos.

A chave é encontrar um bom caminho

É totalmente lógico que se nos dedicamos a fazer atividades que gostamos e nos confortam, encontraremos fontes de energia positiva. A felicidade estará ali esperando por você, no momento preciso e no caminho correto para você. E então, qual é o caminho correto? Um único, baseado em pequenos hábitos que nos fazem sentir melhor a cada dia.

“Você não encontra a felicidade,

ela chegará a você no momento certo.”

-John F. Bisner Ureña-

Não existe um método igual pelo qual você e eu possamos ser felizes: cada um é feliz de uma forma especial e determinada. Por exemplo, eu sou capaz de apagar tristezas escrevendo ou tomando café com amigos, mas é possível que você prefira praticar um esporte.

O mesmo acontece com questões menos triviais de nossas vidas. É verdade que não podemos nos aventurar a dizer o que irá acontecer no futuro, mas somos capazes de enxergar que alguma decisão pode nos prejudicar e que talvez seja possível evitá-la. Use a inteligência emocional da qual falávamos no início e permita-se mais carícias do que feridas.

A felicidade tem almas gêmeas

Em qualquer circunstância em que estivermos agora, estamos rodeados de outras pessoas, muitas delas almas gêmeas que empatizam com a forma que temos de estar presentes neste mundo. Na verdade, não apenas você é o criador da sua própria felicidade, mas o círculo social com o qual você convive também tem uma influência relevante.

Atitudes que reflitam sentimentos de generosidade, solidariedade ou afeto aumentam os níveis de satisfação interior. Ao contrário, a inveja e a culpa podem diminui-los. Nesta linha, não é questão da própria felicidade depender dos outros, mas é bom ser consciente de que existe esta influência e de que devemos colocá-la a nosso favor.

“Então você já sabe, tudo o que realmente importa é que as pessoas que você ama sejam felizes e estejam saudáveis.

Todo o resto é orvalho sobre a geada.”

-Paul Walker-

Em resumo, não espere ser feliz por alguém, mas se alguém faz você mais feliz, aproveite. Não espere que a felicidade chegue até você sem se mexer, mas também não deixe que ela passe reto: lembre-se dos seus pontos de atenção. Considere que existe espaço para o ruim e para o bom, mas é você que decide quando acabar com o primeiro e quando fazer durar o segundo.

Imagem de capa: Shutterstock/Bojan Ristic

TEXTO ORIGINAL DE A MENTE É MARAVILHOSA

*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS


Psicologias do Brasil

Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.


COMENTÁRIOS