Por Rosanne Queiroz para o site BrasilPost

Todo mundo tem um diferencial. Sabe aquele talento que os amigos, parentes e colegas de profissão destacam na sua personalidade? Só que, ao longo da vida, muitos acabam se distanciando desse jeito de ser que caracteriza sua essência.

“Muitas vezes esse diferencial é visível, bem aplicado e reconhecido. Mas, em alguns casos, pode estar escondido, mal embalado ou até mesmo esquecido”, defende o consultor de negócios e palestrante Wilson Medeiros.

Na palestra “Diferencial – Qual é o seu?”, Medeiros leva o público a refletir sobre seus reais potenciais e talentos, no sentido de buscar novas soluções para antigas questões, acionar a coragem para atravessar um período de transição, para acionar o seu propósito na vida ou na carreira.

“Tanto as empresas como as pessoas estão buscando uma verdade maior –aquilo que as diferencia de fato em meio à concorrência voraz”, diz o consultor. Aqui, ele sugere 3 maneiras de acessar o seu diferencial:

1. Reveja o filme da sua vida

Ao pensar na sua origem e trajetória como um roteiro –o lugar onde nasceu e foi criado, os locais onde morou e trabalhou, as pessoas com quem mais conviveu – quais impressões você deixou? A percepção das pessoas e o que elas contam sobre sua maneira de ser dão pistas preciosas. “O ambiente escolar por onde transitou, a partir do que dizem professores e colegas, desvenda características marcantes que legitimam o seu diferencial”, ressalta.

2. Considere os feedbacks atuais

Sabe quando o porteiro do seu prédio diz que você é gentil? Ou seu chefe destaca a sua criatividade? O mesmo vale para aquela amigo que elogia seu lado responsável mas dá um toque de que você vive esquecendo as chaves. “Todas as pessoas com as quais nos relacionamos no dia a dia, pais, porteiros, motorista, babá, médico, esposa, filhos, parentes, amigos e colegas, podem dar excelentes dicas sobre o seu diferencial”, ressalta Medeiros. E sempre tem uma ou mais características que se repetem nesse feedback. Basta prestar atenção.

3. Busque autoconhecimento

“Conhece-te a ti mesmo” é um dos aforismos gregos mais conhecidos e foi inscrito no pátio do Templo de Apolo em Delfos. Por isso, tanto a terapia individual quanto os processos de treinamento e desenvolvimento pessoal são válidos na busca do diferencial, segundo Medeiros. As várias ferramentas de avaliação de desempenho no trabalho, por exemplo, podem oferecer luz nesse caminho. “Ao dar um zoom nessa cesta de competências, você vai notar que existe uma característica que mais predomina e que caracteriza o seu diferencial”, diz Medeiros.

*Não se esqueça, a psicoterapia também te ajuda a buscar o melhor de você!

Imagem de capa: Shutterstock, Por Mettus

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS


Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.

COMENTÁRIOS