Pedir desculpas é uma grande lição de humildade. Pedir perdão implica reconhecer que, como todo ser humano, você também erra, não é infalível e tem centenas de falhas para corrigir. Desculpar-se faz você grande como pessoa, mas, para completar o círculo de aprendizagem, é necessário que corrija de forma consistente os erros que comete, caso contrário as tuas palavras soarão vazias ao longo do tempo.

Ser mãe pode fazer de você um ser humano melhor. Talvez isso aconteça porque você nunca esteve tão apaixonado ou tão empático com alguém tão inocente e desamparado quanto uma criança. Nunca antes você se sentiu tão responsável por alguém, muito menos por uma pessoa tão perfeita e tão bonita quanto seu filho e que certamente o convida a crescer.

Esse crescimento significa superar desafios e amadurecimento, uma tarefa enfrentada diariamente pelos pais, que, como todos os seres humanos, às vezes cometem erros e podem gritar ou julgar mal seus filhos, por exemplo. Às vezes acontece, sem querer, mas acontece. É por isso que é importante que você peça desculpas quando estiver errado.

É indispensável fazê-lo. Não é uma mera formalidade, mas sim um ato com o qual você traz aos seus filhos, entre outros aspectos, segurança, confiança, conforto, empatia e assertividade. Além disso, ajuda a integrar o perdão como uma ferramenta pessoal.

Para se desculpar é dar um passo em frente

Pedir desculpas nunca deve ser um ato vazio, através do qual você profere palavras como: me desculpe, desculpe. E só. Não é sobre isso, é sobre reconhecer que você cometeu um erro e mostrar a seus filhos que você pode corrigir.

Uma das lições mais importantes de se desculpar é que é possível aprender com os erros. Mesmo se você estiver errado, há possibilidades de melhorar e agir de maneira diferente em uma oportunidade futura.

Retificar é sábio, diz o ditado; e para poder fazê-lo é necessário modificar a atitude que o leva a agir de maneira inadequada. Isso ajudará você a enxergar os erros como um elemento pedagógico, que não apenas fornecerá lições valiosas para você, mas também para seus filhos.

Respeito e coerência são valores importantes para todos os pais

Saber dizer “Eu estava errado e vou tentar fazer as pazes” é um exemplar de respeito pelo seu filho como ser humano. Quando você é capaz de reconhecer que estava errado e se desculpar com aquela pessoa pequena, mostre-lhe através do respeito ao amor que sente por ele.

Pedir desculpas a seus filhos quando você está errado faz de você um pai consciente.

Rosa Jove, especialista em pais idosos, conta em um dos capítulos de seu livro Niendas que não se surpreende ao saber que muitos pais nunca tentaram se desculpar com seus filhos. Ela enfatiza a importância de fazê-lo porque ajuda os pais a reconhecerem seus filhos como seres humanos independentes, que, como qualquer outra pessoa, merecem ser respeitados quando são mal julgados.

Muito mais exemplar é um pai coerente, aquele que pratica o que ele prega. Esta é uma das regras mais importantes de uma educação baseada no respeito. Você é coerente, extensa experiência, não tem nada para ver em casa ter opiniões diferentes sobre ou evento contínuo de assunto; Todos eles, resultados muito enriquecedores como um nome de família, cada um pode ser usado para expressar a liberdade de expressão sobre a vida sexual.

Porém, como as opiniões não têm nada a ver com a coerência. Ser coerente é sobre atos, é sobre pregar pelo exemplo. Um pai coerente não é o mesmo que tem opiniões diferentes sobre um evento, mas um que respeite o sucesso das ações de sua vida de cumprimento do padrão e dos valores que governam seu lar.

TEXTO TRADUZIDO E ADAPTADO DE ERES MAMÁ

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




REDAÇÃO PSICOLOGIAS DO BRASIL
Os assuntos mais importantes da área- e que estão em destaque no mundo- são a base do conteúdo desenvolvido especialmente para nossos leitores.