Quando se trata de jogos de cassino, o blackjack é um dos poucos jogos em que o jogador tem uma oportunidade real de influenciar o resultado das rodadas de carteado. Ao contrário dos caça-níqueis ou da roleta, os jogadores de blackjack podem usar de estratégia e de suas habilidades matemáticas para aumentar seus ganhos e vencer os adversários.

Seja você é um jogador experiente ou se está pensando em jogar blackjack pela primeira vez em um cassino físico ou online, saiba que há algumas coisas o que a psicologia por trás desse jogo popular pode lhe ensinar para evitar erros comuns e melhorar suas chances de vitória.

O que dizem as pesquisas de psicologia sobre o blackjack

Várias pesquisas já foram realizadas sobre os erros mais comuns que os jogadores de blackjack cometem enquanto jogam. Uma das mais conhecidas está em um estudo realizado na Holanda pelos psicólogos Dr. Gideon Keren e Prof. Willem Wagenaar, que acompanhou 112 jogadores regulares de blackjack e foi publicado no Journal of Experimental Psychology.

A pesquisa mostrou que 44% dos erros cometidos pelos jogadores durante as partidas envolviam não pedir uma carta adicional quando deveriam ter pedido, enquanto apenas 16% dos erros eram referentes a receber uma carta extra quando seria melhor não. Ou seja, em quase metade das vezes os jogadores tiveram receio de pedir uma nova carta para aumentar sua pontuação – quase três vezes mais que o percentual de erros que, de fato, fizeram com que estourassem a mão.

Além disso, as taxas de erro estavam relacionadas ao valor da carta do dealer (a banca ou cassino). Quando os jogadores deveriam parar, eles eram menos propensos a fazê-lo quando a carta do dealer tinha um valor baixo. Da mesma forma, quando eles deveriam ter recebido uma carta extra, também eram menos propensos a fazê-lo se o dealer tivesse cartas com um valor baixo. O estudo mostrou ainda que os jogadores tinham estratégias de seguro (tipo de aposta) ruins quando o dealer virava um ás.

Segundo os pesquisadores, esses resultados mostram claramente que a maioria dos jogadores regulares de blackjack joga de forma conservadora na tentativa de permanecer no jogo. Eles recusam cartas adicionais quando deveriam aceitá-las, não dobram as apostas quando seria aconselhável e utilizam o seguro desnecessariamente.

Como usar a psicologia para jogar blackjack

Além de atentar para esses erros mais comuns e o perfil conservador da maioria dos jogadores de blackjack, vale também conhecer bem as regras básicas do jogo e seguir as dicas abaixo para obter melhores resultados.

Jogue de acordo com sua estratégia. Ao jogar blackjack, tenha sempre uma estratégia, ainal, trata-se de um jogo em que habilidade e estratégia fazem uma grande diferença no resultado. Abandonar sua estratégia quando perde uma mão só vai prejudicá-lo no longo prazo. Também é importante que você tenha um orçamento e cumpra-o à risca. Saiba sempre quando parar e encerrar a noite.

Não desanime com mãos ruins. Se cometer um erro e perder uma mão, não se repreenda. Mantenha a calma e continue jogando sua estratégia. Além disso, entenda que as mãos não estão interligadas. Se tiver duas mãos ruins seguidas, isso não significa que a próxima seguirá a mesma tendência. Da mesma forma, quando ganhar algumas vezes na sequência ou conseguir obter uma grande vitória, lembre-se que as cartas são sempre aleatórias.

Jogue sem medo e tenha uma atitude positiva. Para vencer no blackjack, você tem que aprender a jogar sem medo de errar. Não se envolva em possíveis mãos ruins, é claro, para não perder a chance perfeita de acertar. Mas também não deixe boas oportunidades passarem por medo de estourar sua mão. Por fim, ter uma atitude positiva também é fundamental. Embora você não possa controlar as cartas que recebe, pode muito bem controlar sua abordagem com relação ao jogo, o que melhorará seu desempenho.

O Blackjack é um jogo divertido e emocionante e, ao aprimorar suas habilidades e a compreensão da psicologia por trás dele, certamente irá colher melhores resultados.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO PSICOLOGIAS DO BRASIL
Os assuntos mais importantes da área- e que estão em destaque no mundo- são a base do conteúdo desenvolvido especialmente para nossos leitores.