O Conselho Tutelar foi chamado e os pais de uma criança de 4 anos foram para na delegacia após vizinhos reconhecerem a criança em um vídeo onde, da sacada do prédio, via-se uma menina ajoelhada no cimento, com o rosto encostado na parede e as mãos para trás. O episódio aconteceu em Cariacica, Espírito Santo, no último domingo (03) e o vídeo viralizou nas redes sociais.

“Quando a polícia chegou na residência, a menina ainda estava na mesma posição. Vizinhos relataram que ela já estava ajoelhada por cerca de uma hora. Quando perguntamos o motivo, ela disse que estava de castigo porque tinha empurrado o irmão durante uma brincadeira e o pai a colocou daquela forma”, afirmou o conselheiro tutelar Marcos Paulo.

Pai e mãe, com 39 e 22 anos respectivamente, assinaram um documento chamado termo circunstanciado (TC) por maus tratos e “foram liberados após assumirem o compromisso de comparecer em juízo”, afirmou o órgão, em documento ao UOL.

“A menina disse que não é a primeira vez que sofre esse castigo. Ela inclusive relatou que já apanhou do pai, levou algumas chineladas. Ela é pequena, não tem muito entendimento das coisas e a gravidade disso tudo. O que aconteceu gerou muitos comentários absurdos e choca a gente”, contou Marcos Paulo.

O consegue tutelar segue no acompanhamento do caso que também será investigado pela PC. As identidades dos envolvidos foi preservada para preservar a identidade da criança.

 

RECOMENDAMOS






Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.