Durante anos, Vince Villano foi cliente assíduo no Starbucks em DuPoint, Washington (EUA).

Nicole McNeil era a alegre barista que costumava servir a Vince a sua tradicional xícara de café matinal. Durante anos, ela o conheceu apenas como “Trenta Vanilla Sweet Cream Cold Brew, bombas cheias” – o pedido dele de todas as manhãs. Mas um dia Nicole percebeu que seu cliente parecia triste. Depois do seu turno, ela se sentou com ele e perguntou o que estava acontecendo.

David Ryder, Starbucks

“Ele entrou e parecia particularmente triste”, disse Nicole, “e eu pensei, ‘O que está acontecendo com Vince?'”

Facebook

Ela logo descobriu que Vince é um sargento veterano do Exército, assim como seu marido, Justin McNeil. Vince serviu oito anos como técnico médico de emergência. Cerca de 11 anos atrás, Vince descobriu que tinha uma doença renal policística, mas ele mantinha a doença sob controle até recentemente. Agora, seus rins estavam sendo destruídos todos os dias, e ele foi forçado a iniciar tratamentos de diálise.

Embora estivesse na lista de transplantes de rim, sabia que as chances de ele receber um órgão doado eram reduzidas. Sua mente se voltou para seus dois filhos, Kanton e Savanna, que ainda precisavam dele em suas vidas aos 18 e 20 anos.

Quando Nicole voltou para casa naquela noite, ela contou a Justin, seu marido, sobre a conversa que tivera com seu cliente mais fiel, Vince, durante o expediente de trabalho.

Facebook

Para sua surpresa, Justin respondeu à história do veterano cujos rins estavam falhando com uma oferta incrível. “Eu tenho um rim sobrando”, disse Justin instantaneamente. “Ele pode ficar ele.”

Nicole à princípio ficou chocada por seu marido oferecer um órgão vital tão rapidamente a um homem que nunca conheceu, porém, depois de um tempo refletindo sobre isso, chegou à conclusão de que a reação dele estava de acordo com sua personalidade. “Ele se preocupa com os outros mais do que qualquer um que eu já conheci”, disse Nicole. “Ele é a pessoa mais gentil que eu já conheci. Então, quando ele disse: ‘Vou dar meu rim’, parecia: ‘OK, claro. Sim, você vai.

David Ryder, Starbucks

Os McNeils começaram a sair com Vince e sua família, e os dois homens se uniram instantaneamente.

“Somos como irmãos”, disse Justin. Depois de se conhecer por alguns meses, Justin não suportou assistir seu novo amigo ficar cada vez mais doente diante de seus olhos. Ele fez testes genéticos para verificar se era compatível e, quando os resultados voltaram, toda a família ficou sem palavras.

Justin não  apenas eram compatíveis, como também eram o mais próximo possível sem ter relação biológica, segundo os médicos. Parece que essa amizade tinha que acontecer de qualquer maneira.

Facebook

As famílias passaram o dia de Natal juntas e, no dia seguinte, Vince e Justin se internaram no hospital para realizar a operação de transplante. Ambos os homens passaram por cirurgias e um posterior ultra-som revelou que o novo rim de Vince estava funcionando perfeitamente bem.

Os médicos dizem que o presente incrível de Justin garantirá a Vince no mínimo mais 20 anos de vida.

David Ryder, Starbucks

Nada disso teria acontecido se Nicole não tivesse tido a generosidade de ouvir um estranho naquele dia na Starbucks. O que aconteceria se todos passássemos mais tempo ouvindo os outros? Que outras conexões e laços poderíamos formar se simplesmente lembrássemos de ser solícitos e generosos como Nicole?

Parabéns pelo seu renascimento, Vince; e obrigado Justin por dar uma segunda chance a Vince!

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Inspire More.
Foto destacada: Reprodução/Facebook.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.