Em Guarapari, no Espírito Santo, um surpreendeu ao decidir trocar sua festa de casamento por um jantar solidário. Ana Paula Meriguete, de 23 anos, e o educador físico Victor Ribeiro, de 24, comemoraram a união ao lado de famílias carentes, quase uma semana após a cerimônia religiosa.

Eles namoraram por dois anos e meio antes se casarem. A cerimônia religiosa aconteceu no dia 16 de fevereiro. A festa de casamento não era uma prioridade por isso, começaram a pensar em outra possibilidade de comemorar a data.

A decisão de fazer um jantar solidário veio após dias de oração em conjunto. Além disso, uma música religiosa ajudou o casal a se inspirar.

“O caráter decisivo para a gente bater o martelo foi um dia que a gente estava tocando em uma missa uma música que falava ‘Se uma ceia quiseres propor, não convide amigos, irmãos e outros mais. Sai à rua a procura de quem não puder recompensa te dar, que o teu gesto lembrado será por Deus’”, lembrou Victor ao portal G1.

Segundo o casal, à medida que ouviam as notícias, mais pessoas interessadas em ajudar se colocavam à disposição.

“A gente começou a somar forças. Amigos levaram a música ao vivo, uma empresa emprestou as cadeiras, outra emprestou as toalhas, a decoração, levou voluntários. Conseguimos pessoas para ajudar a preparar o jantar. No final, conseguimos algo muito melhor do que esperávamos”, disse Victor.

O jantar contou 160 pessoas do Centro Social de Santa Mônica e foi realizado na noite de quinta-feira (21), com ajuda de familiares e amigos dos noivos. Os convidados foram as crianças atendidas pelo projeto e seus familiares.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




REDAÇÃO PSICOLOGIAS DO BRASIL
Os assuntos mais importantes da área- e que estão em destaque no mundo- são a base do conteúdo desenvolvido especialmente para nossos leitores.