A maior fabricante de cigarros dos EUA comprou parte de uma das maiores empresas de cigarros eletrônicos. Faz sentido? Faz, e muito. Dr. Drauzio explica como esses produtos divulgados como alternativa para quem quer largar o fumo podem contribuir para a indústria ganhar mais dependentes.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




REDAÇÃO PSICOLOGIAS DO BRASIL
Os assuntos mais importantes da área- e que estão em destaque no mundo- são a base do conteúdo desenvolvido especialmente para nossos leitores.