Por Luciana Caczan originalmente no Awebic

Sarah Silverman é conhecida por seu humor ácido, mas seu coração é repleto de gentileza e ela provou isso recentemente no Twitter.

Em vez de responder fogo com fogo e insultar uma pessoa que tentou tirá-la do sério chamando-a de P*TA, ela se esforçou para conhecê-lo e melhorar a vida de seu seguidor.

No dia 28 de dezembro, o usuário do Twitter, Jeremy Jamrozy, respondeu os tuítes de Sarah de forma grosseira, quando ela estava conversando com um apoiador de Trump, tentando compreender seus motivos.

Sarah não o ignorou ou ficou zangada.

A comediante decidiu fazer o oposto do esperado e tentou compreender de onde vinha a raiva do rapaz. Então ela descobriu que o rapaz tinha problemas mais sérios.

Role a página e veja a conversa.

P*TA

Em vez de entrar na briga, Sarah fez algo diferente.

Acredito em você. Li seus tuítes, vi o que está fazendo e sua raiva está escondendo sua dor. Mas, sabe, eu sei o que é isso. PS: minhas costas também doem pra KCT. Veja o que acontece quando você escolhe o amor. Eu vejo isso em você.

Não posso escolher o amor. Um homem que parece Kevin Spacey me tirou isso quando eu tinha 8 anos. Não consigo encontrar paz, se eu pudesse encontrar o homem que quebrou meu corpo e tirou minha inocência, eu o mataria. Ele acabou comigo e eu sou pobre, então é difícil obter ajuda.

Não consigo imaginar sua fúria. Só de ler me fez querer fazer coisas ruins. Aguarde.

Pergunta (não estou julgando): você usa heroína? Está se automedicando? Quer se desintoxicar?

Não, só fumo maconha. Uso corretamente medicamentos que me foram prescritos.

Ótimo. Eu quero matá-lo também, então posso imaginar seu ódio. O que eu sei é que esse ódio – mesmo que você pudesse matá-lo -, está castigando você mesmo. E você não merece castigo. Você merece apoio. Vá a um grupo de apoio. Você poderá encontrar seus melhores amigos lá.

Eu vou. Mas não confio em ninguém. Fui traído tantas vezes. Eu dava a roupa do meu corpo e era traído toda vez. Sou super antissocial. Não tenho amigos. Me desculpe por xingá-la.

Cara, eu não ligo. Estou bem. Vi algo em você. Meus instintos me dizem que você poderia ter uma vida ótima. Meu terapeuta diz que não temos o que queremos, temos o que achamos que merecemos. Estou te dizendo, você merece muito mais do que pensa.

LOL Como?? E o que você vê? Estou confuso sobre como você consegue ver que eu poderia estar melhor. Tenho vários problemas e um buraco fundo para escalar. E eu escolho não me expressar, é difícil articular minhas emoções.

Haha honestamente, não sei. Você escreveu “P*TA” e eu vi, cliquei no seu perfil e vi que estava tentando brigar no Twitter. Vi o ódio e a dor. Olhei sua foto e, simplesmente, vi tanta coisa. Acho que em seus olhos. Não sei…

Os olhos são o espelho da alma. Não quero ser como a minha família de viciados em drogas. Vou tentar mais. Vou me candidatar a deficiente, o que é uma droga, pois adoro trabalhar. Vou ficar mais otimista logo, sempre fui negativo. Por isso não tenho amigos. Sou um cuzão.

Estou feliz que vai. ME MANTENHA INFORMADA. Não desista de você. Tenha coragem de se arriscar a ser traído. É o que acontece quando você luta por você mesmo. Mas vale apena. Prometo.

LOL Obrigado. Caramba, você é tão perceptiva. Você é formada ou algo assim? LOL, sempre gostei do seu humor, mas que contraste, você ganhou um fã. Seu amor pela humanidade. É incrível.

Estou tão agradecido pelas interações. E pelo apoio de todos e pelo apoio e conselhos de Sarah Silverman. Que dia maravilhoso.

Hey, Santo Antonio! Algum ortopedista especialista em costas e pescoços para ajudar meu amigo Jeremy? Ele tem várias hérnias de disco, não tem convênio e não pode trabalhar por causa da dor. Vamos ajudá-lo! Quem vem?

As reações no Twitter foram de surpresa e gratidão pela atitude de Sarah.

TEXTO ORIGINAL DE AWEBIC

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.