Magali tem uma habilidade boa para fazer novas amizades, e por isso ela se torna amiga de Lucila. Conversa vai e conversa bem, a nova amiga de Magali revela ter um irmão que é diferente e legal. O irmão de Lucila é André, um menino autista.

É dessa forma que Maurício de Sousa introduziu o personagem nas histórias da Turma da Mônica e embora ele apareça poucas vezes, foi fundamental para que os leitores do gibi conhecessem mais sobre o espectro autista, e superassem preconceitos que comumente rodeiam seus portadores.

 

“Serve para muita gente entender melhor o autismo e suas diversas manifestações”, discursa Maurício de Sousa no Dia Nacional das Histórias em Quadrinhos sobre André. O quadrinista teve o cuidado de criar uma personagem que não fosse estereotipado e superficial, a ideia não foi apenas ter um “autista-personagem”, mas ter um personagem que dentro de diversas características, também fosse autista.

“Temos todo cuidado quando resolvemos abordar temas mais complexos. Procuramos sempre pesquisar e procurar técnicos no assunto para não passarmos informações erradas. Por isso a recepção das crianças e educadores é sempre positiva”, diz Maurício.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO PSICOLOGIAS DO BRASIL
Os assuntos mais importantes da área- e que estão em destaque no mundo- são a base do conteúdo desenvolvido especialmente para nossos leitores.