A modernidade traz consigo muitas comodidades, porém, traz também a possibilidade de que literalmente qualquer pessoa expresse sua opinião sobre qualquer aspecto que deseje, seja ela solicitada ou não, sendo assim as redes sociais estão cheias de pessoas negativas, que espalham suas críticas a menor oportunidade.

Ao longo de sua carreira extensa e bem sucedida, Julia Roberts conseguiu criar uma imagem positiva no público em geral, mas isso não a salvou de comentários negativos e maldosos.

A foto do “escândalo” foi postada no Instagram por sua sobrinha, Emma Roberts. Onde vemos as duas mulheres em um momento familiar e de grande conforto. Uma foto simples, que gerou uma verdadeira catarata de opiniões.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Card games with Aunt Julia ❤️ @juliaroberts

Uma publicação compartilhada por Emma Roberts (@emmaroberts) em

Em uma entrevista com Oprah Winfrey, publicada na revista Harper’s Bazzar, a atriz, ganhadora de um Oscar e três Globos de Ouro, revelou como era difícil enfrentar toda essa negatividade.

“Um grande número de pessoas sentiu a absoluta necessidade de falar sobre o ‘quão terrível’ eu estava na fotografia, sobre o ‘quão ruim’ eu estou ficando velha, sobre como eu ‘parecia um homem’, porque publicamos uma foto em que eu ‘pareço terrível’” disse Julia.

Então, ela expressou claramente o que ela experimentou por dentro: “Fiquei surpresa em como isso me fez sentir. Eu sou uma mulher de 50 anos e eu sei quem eu sou, mas mesmo assim isso feriu meus sentimentos! “, Admitiu a atriz.

O que realmente importa

Julia falou na entrevista sobre como as pessoas olhavam para a publicação de sua sobrinha: “Fiquei triste que as pessoas não pudessem ver o sentido da foto, a doçura nela, a felicidade que brilhava na imagem”.

E ela fez uma reflexão importante: “O que aconteceria se eu tivesse 15 anos?”, Marcando a diferença na apreciação de acordo com a idade que a pessoa retratou.

No entanto, ele recupera algo positivo: “Fico feliz que isso tenha acontecido, porque me dá uma ideia de algo que eu não sabia. Você tem que viver para aprender, e isso é apenas uma pequena amostra do que realmente acontece nas redes sociais”, refletiu sobre este ponto.

Apesar do mau tempo que essas críticas inesperadas fizeram, Julia Roberts tem algo muito claro: a passagem do tempo é inevitável. Ele sabe e aceita, assumindo sua idade sem complexos, com tudo o que ela traz.

Natural

Há uma coisa absolutamente certa: Julia não é como outras estrelas, já que o aspecto físico e a imagem pública que ela mostra em redes é muito mais relaxada e “comum”, sem muita produção.

Entenda que iniciar uma luta sem sentido, com um adversário que acabará vencendo de qualquer maneira, não é inteligente.

– As redes sociais estão cheias de pessoas que exalam malícia e se dedicam a criticar a direita e a esquerda tudo o que vêem. Não seja guiado pelo que eles dizem, porque você vai cair em sua teia de amargura e ressentimento.

– Você pode escolher de quem receber opiniões. Encontre as pessoas que te amam bem, evite os dardos envenenados daqueles que só querem causar dano. As opiniões devem ser bem recebidas quando são de pessoas que entendem o que estão falando.

– Aceite-se como você é e o momento da vida que você está vivendo. Isso não significa que você abandone ou negue a si mesma a possibilidade de melhorar, mas aceite as mudanças inevitáveis ​​que a passagem do tempo traz ao seu organismo.

Fundamentalmente, você deve saber uma coisa: ou porque você faz ou porque você não faz, sempre haverá alguém pra te criticar.

Vá em frente com sua vida e seus projetos, você vale muito para deixar-se ser superado por pessoas negativas.

***

Fonte indicada: Revista Raízes

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




REDAÇÃO PSICOLOGIAS DO BRASIL
Os assuntos mais importantes da área- e que estão em destaque no mundo- são a base do conteúdo desenvolvido especialmente para nossos leitores.