Hospital Santa Casa de Misericórdia de Vitória, no Espírito Santo, demitiu e enfermeira Nathanna Faria Ceschim, que se tornou centro de uma enorme polêmica nos últimos dias por ter postado nas redes sociais um vídeo em que debochava da aplicação da Coronavac, vacina contra Covid-19. A informação foi divulgada pela própria profissional em entrevista à TV Tribuna na segunda-feira (25).

“Cheguei para trabalhar no meu horário normal e fui comunicada sobre o meu desligamento”, disse Nathanna na entrevista.

Segundo a administração do hospital, a direção já tomou as medidas cabíveis relacionadas ao assunto. Em nota à TV Tribuna, o hospital reiterou a postura com relação à importância da vacina como “única solução possível para conter o avanço dos novos casos de coronavírus”.

Em um dos vídeos polêmicos postados por Nathanna, ela surge de touca cirúrgica e sem máscara, em frente a um computador da unidade. Horas antes, ela tinha pçostado outro vídeo, no qual desdenhava da aplicação da vacina CoronaVac. Um comprovante exibido na rede social aponta que a mulher tomou a vacina contra a Covid-19 no dia.

“Tomei por conta que eu quero viajar, não para me sentir mais segura. Porque uma vacina que dá 50% de segurança para mim não é uma vacina. Tomei foi água”, falou Nathanna na gravação.

Depois da repercussão negativa do caso, o Ministério Público do Espírito Santo (MPES) informou que irá investigar a enfermeira. Segundo a promotora Inês Thomé, o MPES vai instaurar um procedimento administrativo para acompanhar tanto o que está sendo feito no âmbito do hospital onde a enfermeira trabalha quanto o que o Conselho Regional de Enfermagem (Coren-ES) está apurando sobre o caso.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Isto É.
FotoS: Reprodução/Redes Sociais.

RECOMENDAMOS






Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.