Fábio José de Melo Silva, o padre Fábio de Melo, além da formação em teologia, agrega também a formação em filosofia. Essas duas áreas do conhecimento lhe possibilitam fazer reflexões importantes sobre a condição humana em diversas situações.

Nas redes sociais, algumas vezes, ele costuma compartilhar desses pensamentos e dessa vez separamos um que fala sobre as pessoas que passaram pela dor de uma traição. Fábio aqui aponta um caminho que, talvez, possa ser útil; aquele de se enxergar além dos erros dos outros.

Você pode ler o texto abaixo:

“Chegará o momento em que você quererá agradecer ao traidor.
Depois que a dor pungente perder a força, a lucidez lhe confidenciará ao coração: foi a partir do ferimento que você ultrapassou fronteiras, aprendeu que perder faz parte da vida, conquistou uma maturidade que até então nenhuma alegria havia lhe dado.
E então nascerá a serenidade que lhe permitirá dizer, ainda que sem palavras, você me traiu, mas eu me recuperei porque não fiz o mesmo comigo.
Depois de você eu aprendi: a fidelidade que me mantém vivo não é a que recebo dos outros, mas é a que pratico diariamente comigo.”

 

 

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




REDAÇÃO PSICOLOGIAS DO BRASIL
Os assuntos mais importantes da área- e que estão em destaque no mundo- são a base do conteúdo desenvolvido especialmente para nossos leitores.