O dia 24 de Fevereiro de 2019 está marcado na carreira de Lady Gaga. Nesta data, a cantora ganhou o Oscar de canção original e inaugurou um hall inédito. Ela venceu, num mesmo ano, os prêmios Oscar, Grammy, Globo de Ouro, Bafta e Critics’ Choice. Praticamente tudo que há de ponta em termos artísticos no ocidente, Gaga levou.

Além de premiadíssima, a cantora tem uma longa história de ativismo em favor da conscientização a respeito da Saúde Mental.

Ao ganhar o prêmio SAG_AFTRA, ela fez este bonito discurso sobre o tema:

“Estamos perdendo uma geração de jovens que não acreditam que as suas vozes valem a pena, que sua dor não tem fim. E que as suas contribuições não têm valor o suficiente para mudar a sociedade e a cultura. Estamos vivendo uma crise de proporções épicas e a causa dessa crise é a nossa inabilidade ou falta de vontade para sermos abertos e honestos a respeito de uma coisa – saúde mental hoje em dia.

Quando eu dou discursos sobre empatia, as pessoas normalmente têm começado grandes discussões, mas quando eu falo sobre saúde mental, mesmo ou especialmente quando falo da minha, normalmente encontro silêncio. Ou talvez uma fila sombria de fãs esperando lá fora para sussurrar para mim às sombras a respeito dos seus mais profundos segredos.

Nós precisamos colocar a saúde mental em evidência. Precisamos compartilhar as nossas histórias para que a saúde mental não seja mais ignorada. Isso é perigoso e nós sabemos disso através de casos de tiroteios e atos de violência.”

E também fez um importante discurso quando ganhou o Grammy

Stefani Joanne Angelina Germanotta, a Lady Gaga, é uma importante voz a respeito desse tema que por vezes é esquecido.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO PSICOLOGIAS DO BRASIL
Os assuntos mais importantes da área- e que estão em destaque no mundo- são a base do conteúdo desenvolvido especialmente para nossos leitores.