Presenciar o sofrimento de um filho é o pior pesadelo de um pai ou de mãe, não é mesmo?

E foi justamente por se encontrar nesta situação que Cara Biggs, de 41 anos, foi levada a fazer o mais triste desabafo. Sua filha Liliana, de apenas oito anos, estava sofrendo tanto bullying na escola que passou até mesmo a fazer xixi na calça. Dá para imaginar a angústia dessa mãe?

A pequena Liliana é alvo de chacota dos seus colegas devido às suas “orelhas de abano”. Cara relatou ainda que, além de passar a fazer xixi na calça, o bullying também levou sua filha a não querer comer e isso fez com que os cabelos dela também começassem a cair muito.

Em entrevista ao jornal britânico “The Sun”, Cara contou que tentou de diversas maneiras fazer com que o bullying contra a sua filha acabasse. “Chegou ao ponto da minha filha começar a fazer xixi na calça e não querer mais ir para a escola. Eu já me reuni com a escola e com alguns dos pais das crianças que fazem o bullying, mas não adiantou nada”.

E foi aí que Cara e Liliana resolveram entrar em contato com um cirurgião plástico para se informarem sobre a cirurgia para a correção das orelhas de abano. “O médico disse que ela realmente era uma candidata para a cirurgia e nós decidimos fazer. Quando já estava tudo marcado, o plano de saúde não liberou a cirurgia, minha filha ficou arrasada. Aí ela parou de comer de vez e minha filha é bem magrinha, então fiquei muito preocupada com isso”, relatou Cara.

Então, sensibilizado com a história da menina, o médico Adam Frosh anunciou que faria o procedimento gratuitamente. “Ele me ligou e disse que iria fazer a cirurgia gratuitamente. Eu fiquei muito emocionada, ele está sendo maravilhoso. Minha filha ficou radiante com a notícia!”, afirmou a mãe. A cirurgia da pequena está marcada para junho.

Esse é só mais um exemplo de como o bullying pode afetar a vida de uma criança. Escola, família e comunidade, portanto, devem estar unidas na campanha contra o bullying. Se fere alguém, não é brincadeira, é ofensa!

***

Redação CONTI outra. Com informações de Bebê Mamãe

Imagem de capa: Reprodução Arquivo Pessoal

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




REDAÇÃO PSICOLOGIAS DO BRASIL
Os assuntos mais importantes da área- e que estão em destaque no mundo- são a base do conteúdo desenvolvido especialmente para nossos leitores.