A casa  é o primeiro ambiente social que o nosso filho vai encontrar. Além da decoração física, o mobiliário emocional e educacional que garantirá a integridade psicológica da criança, onde beijar , abraçar ou aprender a agradecer, fará dele uma pessoa mais feliz, respeitosa e maravilhosa.

Algo que tanto os sociólogos quanto os psicólogos sabem muito bem é que a dinâmica que ocorre por trás das janelas fechadas de uma casa pode determinar diretamente uma pessoa. O que acontece dentro dessas paredes é às vezes uma versão reduzida da própria sociedade, onde uma educação democrática ou ditatorial pode ser erguida.

Por sua vez, algo que nós, mães e pais, devemos ter muito claro desde o início é o tipo de abordagem que vamos seguir na parentalidade. Cada palavra, cada ato e cada gesto serão impressos não apenas no cérebro daquela criança, mas também nesse tecido sutil e invisível que constitui um lar.

Os especialistas no clima psicológico de um ambiente, sabem que as interações criadas entre os membros de um grupo social, como uma família , quase inconscientemente constroem uma atmosfera onde, muitas vezes, uma rápida leitura emocional pode ser feita. Às vezes, basta ver um rosto ou o tom de voz com o qual os membros de uma casa se comunicam para saber se a felicidade reina ali ou se é a infelicidade que inunda o chão e as paredes.

Devemos nos conscientizar desse fato: um lar é um refúgio e uma referência psicológica e emocional para todas as crianças. Vamos então levantar a casa mais bonita, a mais acolhedora, alegre e significativa para essa nova vida.

Minha casa é pequena, mas os corações que vivem nela são muito grandes

Há casas que são maiores por dentro que por fora . Há casas onde basta cruzar o limiar para aspirar ao equilíbrio, o carinho impresso nos rostos, o respeito flutuando no meio ambiente e a felicidade de uma criança que cresce pensando que está em um castelo.

Estas são, sem dúvida, as casas mais felizes, onde geralmente, essas características são dadas em que vale a pena refletir alguns momentos.

Uma casa onde as emoções positivas fluem

As casas onde as emoções positivas são enviadas são casas onde seus inquilinos são pessoas habilidosas em Inteligência Emocional.

Para que as emoções positivas estejam presentes é necessário que aprendamos a administrar os negativos : quando há uma raiva, por exemplo, ninguém a esconde ou oculta, mas fala em voz alta, com respeito e assertividade para alcançar acordos.

Por sua vez, este tipo de casas onde vivem felicidade e harmonia, são compostas por pessoas que entendem de empatia , que são capazes de colocar os sapatos do outro para entender sua perspectiva e saber como dar soluções.

Uma casa que educa com valores

Educar com valores nobres é uma ferramenta com a qual dar ao mundo mais pessoas cívicas, mais preocupadas com as outras pessoas, a natureza e construir um mundo com mais harmonia.

Como os pais são os primeiros referentes nesse tecido social, é muito positivo que desde muito cedo os iniciemos em atos tão simples como aprender a agradecer, a dizer desculpe, a dizer bom dia , a fazer uso dessa terminologia. Isso vai muito além da simples cortesia.

Não podemos esquecer que, após essas demonstrações sociais de respeito, a criança aprenderá muito cedo que efeito causam ao seu redor. Quando digo obrigado ou quando digo que sinto, você perceberá quase imediatamente que são palavras de poder, gestos de aproximação em que você ganha respeito, amizade e reconhecimento.

Valores são construções sociais onde se integra um modo nobre de entender o mundo e a vida, portanto, se os iniciamos em dimensões como o amor à natureza , aos animais, o valor da igualdade , da justiça, a ajuda aos outros, a leitura, o conhecimento ou a liberdade, estaremos dando ao mundo pessoas muito especiais.

Para concluir, nunca se esqueça que uma casa é muito mais do que paredes com janelas para se refugiar e fazer a vida. Em uma casa que você mora e é, afinal, um segundo útero materno onde uma criança aprenderá as coisas mais importantes.

TEXTO TRADUZIDO DE ERES MAMÁ

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




REDAÇÃO PSICOLOGIAS DO BRASIL
Os assuntos mais importantes da área- e que estão em destaque no mundo- são a base do conteúdo desenvolvido especialmente para nossos leitores.