O verdadeiro amor é um sentimento que não é encontrado quando você vira a esquina. Alguns diriam que neste momento amor é uma espécie em perigo de extinção. Porque o amor verdadeiro é simplicidade, paixão, respeito, altruísmo, carinho e atração hoje em dia este é um sentimento muito raro.

Portanto, quando seu marido lhe disser que o que ele sente por você é amor verdadeiro:

Primeiro de tudo, você deve se reconhecer como uma mulher extremamente feliz. Em segundo lugar, você deve duvidar do que ele acabou de dizer e procurar mais do que em suas palavras, em suas ações, se ele te ama como diz. Se o seu marido não é capaz de lhe dar algo tão essencial como, por exemplo, algumas horas de descanso todos os dias e cuidar do filho completamente, ele não o ama realmente.

Fique conosco para que possamos explicar melhor nosso ponto de vista.

Você não é a maior responsável

Você, como mãe do seu filho, é responsável por seus cuidados e educação, protegendo-os do perigo e proporcionando um ambiente seguro para viver. É também seu dever garantir todos os recursos materiais e espirituais para que cresça e se desenvolva plenamente, seja feliz e se torne alguém com autonomia, seguro de si.

Sob sua supervisão e com tudo o que você pode fazer de seu filho é uma criança, jovem e adulto bem educado em valores, que saiba se expressar, agir e tomar as melhores decisões quando o destino estiver colocando obstáculos. Mas você não é a única, nem a maior responsável por isso.

Ter 40 semanas ou mais no útero, submeter-se a todos os desconfortos da gravidez, passar pelo momento doloroso de parto ou cesárea, amamentar e dormir várias vezes ao dia… entre outros, se a considerarmos em termos de distribuição de funções, isenta você de qualquer contato futuro. Embora, é claro, todos os estágios listados: gravidez, parto e amamentação, mesmo com seus contratempos e sacrifícios, costuma ser um verdadeiro prazer para as mães.

E então, a educação subsequente da criança é uma grande recompensa concedida pelo universo. Mas, preste atenção, mesmo que criar seu filho seja para você um presente e não um dever, você não é a maior responsável nessa empreitada. O homem ao seu lado, como seu pai, tem metade do compromisso.


O verdadeiro amor é que seu marido:

 

Não só dizer “Como você está cansada, coitada!”, mas dizer “querida, vá dormir por um tempo que eu cuido do nosso filho.” Compartilhe contigo as tarefas da casa e todas as tarefas relacionadas à criança: lava suas fraldas e roupas, prepara a mamadeira se você tiver um bebê, faz refeições se você tiver uma criança maior que já come, etc.

Assim como você, sacrifica-se pela nova criatura que a vida acabou de lhes dar e também levanta a noite para medir a temperatura, acalma o choro ou cuida de sua doenças.
“Eu respeito você e admiro você como o ser humano e a mulher que você é.”
Faz tudo para cuidar da família que formou contigo, está sempre junto e guia a criança que sabe pouco sobre a vida, mas que tem pai e mãe para protegê-la e ensiná-la.

Lembre-se, amor verdadeiro é quando seu marido lhe diz que ele ama você, mas ele também te mostra com ações.

Texto traduzido e adaptado de Eres Mamá

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




REDAÇÃO PSICOLOGIAS DO BRASIL
Os assuntos mais importantes da área- e que estão em destaque no mundo- são a base do conteúdo desenvolvido especialmente para nossos leitores.